quarta-feira, 4 de julho de 2012

RESENHA: Noites de Tormenta

“A garrafa de vinho estava vazia, a maré estava subindo e as primeiras imagens dos relâmpagos começaram a surgir a distância no horizonte, fazendo o mundo lá fora brilhar, como se alguém estivesse tirando fotografia com a esperança de se lembrar daquela noite para sempre” (SPARKS, 2008, p. 67).

***

Quem acompanha o blog deve lembrar que tenho uma relação um pouco conturbada com os livros de Nicholas Sparks. Diário de uma paixão não me deixou uma boa impressão, enquanto Um amor para recordar fez com que o autor subisse no meu conceito, embora não tenha me conquistado. Decidido a fazer a regra dos três antes de tomar qualquer conclusão, li Noites de Tormenta e admito que me surpreendi.

A obra conta a estória de Adrienne Wills e Paul Flanner, que se encontram em uma pequena pousada na cidade de Rodanthe, durante uma forte tempestade. Duas pessoas com profundas feridas emocionais e que acabam por encontrar a cura no decorrer daqueles dias.

Para mim, Noites de Tormenta demonstrou de forma cristalina a evolução de Nicholas Sparks como escritor.

O primeiro ponto que merece destaque é a verossimilhança da estória, principalmente se comparado com os demais livros citados. Reconheço que uma das coisas que mais me incomodou em Diário de uma paixão foi justamente a paixão avassaladora dos personagens, pois me parecia algo surreal. Dessa vez, o autor escreveu uma romance plausível e emocionante, e o melhor de tudo, que não soou forçado.

E muito embora a estória central seja o romance do casal, saliento que as tramas paralelas são tão interessantes e instigantes quanto a trama principal. E, diga-se de passagem, as lições de vida, mesmo que sutis, que a estória nos concede foram um dos pontos altos do livro.

Ainda, não poderia deixar de enfatizar que a narrativa do livro é muito boa, pois flui com naturalidade e faz com que o leitor sequer perceba quantas páginas deixou para trás. Também devo destacar que os personagens foram construídos com esmero, sendo que a narrativa de Sparks foi hábil a demonstrar a complexidade de seus protagonistas.

Como já disse em resenhas anteriores, se você gosta de romance, não tenha dúvida que Noites de Tormenta é um prato cheio. Para aqueles que, como eu, não são tão chegados ao gênero, posso garantir que a obra é um excelente modo de conhecer o trabalho de um dos autores mais vendidos da atualidade.

Título: Noites de Tormenta
Autor: Nicholas Sparks
N.º de páginas: 173
Editora: Novo Conceito

8 comentários:

Aione Simões disse...

Oi Alê!
Eu gostei bastante do livro, mas ele não me emocionou tanto como Diário de Uma Paixão. Sempre acho engraçado como as opiniões sobre um mesmo livro podem divergir!
Como gosto muito dessa temática de paixões avassaladoras, elas não soam inverossímeis para mim.
De qualquer forma, o livro é belíssimo, principalmente se comparado ao filme. Não gostei nem um pouco da adaptação!
Adorei suas observações! Noites de Tormenta é realmente um livro mais maduro!
Beijos!

Unknown disse...

Olá ale,

Quero ler esse livro...assisti o filme e gostei bastante fora o final! Rsrsrs
Já li A ultima música do Nicholas Sparks e me emocionei bastante...pretendo ler outros livros do autor!
Bjus,
@deh_koenig

Sabrina Mazzoni disse...

Não tive a oportunidade de ler o livro, mas vi o filme e me emocionei do começo ao fim. Acho que tudo o que eles precisavam era cruzarem seus caminhos, que tudo daria certo. Um amor simples e bonito.

Elis Paulina disse...

Pelo que descreveu deve ser lindo. Há tempo estou tentando ler algum livro do Sparks. Todos recomendam por serem, como escreveu, um prato de cheio para quem gosta de romances.

Elis Elger

Vanessa Marques disse...

Ainda não li nenhum livro desse autor.
Mas li otimas resenhas sobre seus livros. Eu
adoro romances e estou doida para ler esse livro!!!

Seguidor: vanessa

Gislaine Alves disse...

Eu li Noites de Tormenta e curti bastante também. Achei a escrita do Nicholas muita boa. Assim como você, eu também não curti muito "Diário de Uma Paixão", na verdade eu o abandonei. Esse livro, Noites de Tormenta, me cativou por toda história de mãe filha, esse ensinamento que a Adriene mostra pra filha dela é bem marcante.

Gislaine,
jeito-inedito.blogspot.com

Kazake disse...

Nunca li nada do Nic, fico até sem jeito, porque todos são fanáticos por ele, então, acho que esse livro seria um bom começo, não? Porque achei o enredo muito lindo e parece diferente dos outros dele!

Seguidora - Anne Gregory/Kazake

Flávia Xavier disse...

Também está fazendo o projeto com o Prateleira de Cima?

Olha a resenha no meu blog: http://donnaflaviaa.blogspot.com.br/2013/03/noites-de-tormenta.html

Aguardo seu comentário!

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger