sábado, 1 de junho de 2013

RESENHA:O Trono do Sol - A Magia da Alvorada

“Ele já tinha ouvido e visto muitos homens sob tortura a ponto de saber ver e ouvir a diferença entre a verdade extraída e as mentiras confessadas aos gritos na esperança de parar o tormento.” (FARREL, 2012, livro digital).

***

Tendo o aval de ninguém mais ninguém menos que George R. R. Martin, autor da aclamada série As Crônicas de Gelo e Fogo,  a leitura da saga O Ciclo de Nessântico é obrigatória para qualquer fã de literatura fantástica.

Marguerite ca’Ludovici governa a cidade de Nessântico há anos e agora, com o auxílio de Dhosti ca’Millac, o líder da Fé Concénziana, ela se prepara para passar o poder a seu filho. Porém, o nobre Jan ca’Vörl prepara uma rebelião, contando com o apoio do arqui-inimigo de Dhosti, o qual aspira assumir a liderança da Concénzia. No meio do fogo cruzado se encontra Ana co’Seranta, sacerdotisa que possui habilidades nunca antes vistas quando se trata de magia.

O início da leitura é um pouco lento. Creio que esta sensação é oriunda, em parte, da apresentação dos inúmeros personagens, assim como em virtude da quantidade de terminologias desconhecidas pelo leitor (para citar algumas: matarh, ilmodo, kraljika, cénzi, téni, entre outros). Como li no Kobo, não me dei conta que havia um glossário no final do livro.

Farrel compôs uma trama impecável, na qual seus personagens participam de um intrincado jogo de estratégia e manipulação, que envolve a famosa tríade política-religião-briga pelo poder. O grande mérito do autor foi criar uma estória onde nada é tão simples quanto parece, e saber em quem confiar neste complexo tabuleiro de ambições pessoais é o verdadeiro desafio.

Embora o elenco de personagens seja grande, não há personagens subaproveitados. Todos foram criados com esmero para desenvolver uma função específica no desenvolver da trama. A narrativa, mesmo sendo em terceira pessoa, é alternada entre o ponto de vista de diversos personagens, o que permite ao leitor conhecer as diversas facetas da luta pelo poder.

Ao findar da leitura, fiquei com a impressão que uma pergunta significativa ficou sem resposta, todavia, imagino que ela deve ter sido guardada para o próximo volume da série, A Magia do Anoitecer, com lançamento previsto para junho deste ano.

Atualmente, falar em literatura fantástica sem citar George Martin é impossível, de modo que imagino que a comparação com a saga As Crônicas de Gelo e Fogo seja inevitável. Em minha modesta opinião, creio que superar Martin seja uma tarefa árdua, todavia, Farrel merece aplausos, seja pela sua criatividade e originalidade, seja por sua trama bem construída, seja por sua narrativa cativante.

Título: O Trono do Sol – A Magia da Alvorada (ebook cedido pela Editora LeYa)
Autor: S. L. Farrel
N.º de páginas: 452
Editora: LeYa

20 comentários:

Thaynara ribeiro disse...

Gosto muito de livros de fantasia então me interessei por esse!!!
Gostei muito da resenha e acho q esse começo lento vai me incomodar, mas o livro parece valer a pena.

cath´s m. disse...

A capa me lembrou as dos livros do Martin também!
Se ele merece aplausos então eu admito que fiquei curiosa para ler!

Aione Simões disse...

Oi Alê!
Como você deve imaginar, o livro não faz muito meu estilo, mas é bom ver que a trama foi bem desenvolvida, que surpreende e que os personagens foram bem construídos.
Acho que superar o George Martin é quase impossível, no momento!
Beijão!

Igor Gouveia disse...

Oi, tudo bom? Espero que sim.
Primeiro devo dizer que adorei seu blog, sério. Muito legal mesmo. É sempre bom conhecer blogueiros e ler coisas tão legais. Continue assim, ok? Estou seguindo e sempre que der passarei por aqui. Gostei mesmo!

Ah, também tenho um blog literário. Passa por lá depois. Quem sabe você não gosta do meu espaço? Ficaria agradecido, é claro!

Um abração,
Igor Gouveia.

Victoria disse...

Adorei a sua resenha, fiquei com vontade de conhecer um pouco mais sobre o livro...

Obrigada pela visita lá no meu blog, estou seguindo aqui :)

Beijo!

http://www.pontodasletrasblog.blogspot.com.br/

Nardonio disse...

Lendo essa sua resenha, acabei ficando um pouco confuso com a quantidade e com os nomes das personagens. Sem falar nessas terminologias estranhas (acho que nesses casos, eu preferia que fosse notas de rodapé, e não um glossário no final do livro). Mesmo assim, leria sem problemas, pois adoro literatura fantástica, e se o autor conseguiu ser original e criativo, merece minha atenção.

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

Ana Paula Barreto disse...

Eu não sou a pessoa mais fã da literatura fantástica e não fiquei tão animada com o livro. Mas uma pontinha de curiosidade ficou! rs
Gosto de tramas que envolvem jogos mentais, manipulação, etc.. me parecem histórias que prendem o leitor. E este livro tem este aspecto.
O único "porém" é que a história em si não me cativou.
Então, no momento não pretendo ler, mas quem sabe um dia.
bjs
GFC: Ana Paula Barreto

camila rosa disse...

Eu nunca tinha visto esse livro, mas ele parece ser muito legal pois eu adoro literatura fantástica, pode se dizer que sou muita fã de tudo que contenha magia louca eu sei, e esse livro parece ser bem interessante.
camila rosa

Amanda Péres disse...

Fantasia não é meu gênero favorito, mas ganhei a sério GOT e li o primeiro volume... surpreendente!
Superar o mestre George Martin não é mesmo tarefa fácil, mas se esse foi indicado por tal é porque deve ser bom! rs
De qualquer maneira, não consegui me interessar... talvez seja a lembrança de que ainda tenho que terminar a série GOT. :D

GFC: Amanda Péres

Naty disse...

Adoro livros de fantasia, mas não conhecia esse ainda. Gostei da premissa, e como você disse é difícil superar Martin, mas fico contente por ele chegar perto.

Vânia Gama disse...

Concordo com você, superar Martin é uma coisa pra lá de dificil! Mas se você conseguiu comprar esse autor com Martin, é que o livro e realmente bom!
conseguiu me deixar muito curiosa :D
beijos

Rossana Batista disse...

Adoro livros que tem a temática de fantasia.
Não ando tendo tempo para ler livros mas vou tentar comprar este para ler.

Roberta Moraes disse...

Ual, que capa maravilhosa!
Fico mais animada ainda para ler um livro quando leio resenhas assim como as sua dizendo que a trama é impecável!

Talles Victor disse...

Adorei sua resenha,continue assim ,estou querendo le o livro , otima resenha !

narahaku disse...

nossa...frase na parte inferior do livro de George Martin? Preciso!!

Jessica Lisboa disse...

Bem nunca li nenhum livro deste autor, porem meu amigo ele tem todos (e nao me empresta @:) tem um amor enorme com os livros ate HQ"s ele tem, espero ter a oportunidade (logo) de ler algum livro porque sou bem curiosa a respeito de sua narrativa.

narahaku disse...

gostei quando disse: "Farrel compôs uma trama impecável, na qual seus personagens participam de um intrincado jogo de estratégia e manipulação, que envolve a famosa tríade política-religião-briga pelo poder."

lembra muito George Martin

narahaku disse...

No futuro olharemos para este período como parte da história da literatura, e será ensinada nas escolas, assim como o classicismo, romantismo, parnasianismo, etc. O Período Fantástico (fantasianismo?).

narahaku disse...

"...Farrel merece aplausos, seja pela sua criatividade e originalidade, seja por sua trama bem construída, seja por sua narrativa cativante."

Agora eu quero mais!

narahaku disse...

Comentários seguidos? Realmente quero ganhar o sorteio. aushaus

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger