terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Conexões Além da Contracapa #30

Nas Conexões Além da Contracapa mostramos que o mundo literário está mais conectado do que imaginamos e mesmo dando voltas e mais voltas, todas as pontas acabam se unindo, de um jeito ou de outro.

Vulgo Grace” é inspirado na história real de Grace Marks, uma jovem de 16 anos que, na década de 40, foi acusada de ter assassinado seu patrão e a governanta da casa onde trabalhava. A história, escrita por Margaret Atwood, é narrada pela própria Grace de forma que não sabemos até que ponto ela revela toda a verdade e até ponto conta apenas o que seu interlocutor quer ouvir, se configurando como a típica narradora não confiável, assim como...

...Humbert Humbert, do clássico “Lolita”, no qual um homem de 40 anos relata a sua paixão por uma menina de apenas 12 anos, uma história polêmica assim como a de...

...“Proibido”, que narra a paixão entre dois irmãos. Em 2011, o livro de Tabitha Suzuma foi indicado ao Carnegie Medel, prêmio britânico concedido anualmente a um livro infantil ou jovem-adulto. Em 2010, o vencedor deste prêmio foi...


...“O Livro do Cemitério”, escrito por Neil Gaiman. O autor britânico, além de suas produções literárias, mantém também um blog no qual já relatou várias vezes suas aventuras com seus gatos, uma paixão que compartilha com diversos outros escritores, entre eles...

...Patricia Highsmith. A autora, que adorava a proximidade com os bichanos, chegou declarar que todo humano lhe era estranho, mas mantinha uma amizade de longa data com...

...o escritor e jornalista Truman Capote, autor de “A Sangue Frio”, romance sobre o assassinato de uma família, cometido por dois homens no final da década de 50. “A Sangue Frio” é baseado em uma história real assim como “Vulgo Grace

11 comentários:

Ana I. J. Mercury disse...

Eita, Mari, que conexão incrível!
Amei, como sempre!
Aiii e quero ler muitos dos livros aí citados.
Já li Proibido e gostei demais.
Quero muito ler Vulgo Grace, A Sangue frio e O Livro do cemitério.
bjsss

Ludyanne Carvalho disse...

Uau, quantas conexões!
Não li nenhum dos livros, mas nem tenho interesse em Proibido. Apesar de que tenho um grande receio de não saber como lidar com essa leitura forte.

Beijos

Naiara Fidelis Da Silva disse...

Adorei o post, acho bem original kk

Gostei das conexões sempre quis ler Proibido e Lolita, porém ainda não tive oportunidade de comprar.

Patrini Viero disse...

Adorei a ideia do post e confesso que jamais pensaria em todas as conexões que tu fez, de todos os estilos e assuntos. Muitas curiosidades pra se descobrir!

Gabriela CZ disse...

Foi longe nas conexões, Mari. Gostei. Não li nenhum dos livros mencionados, porém li alguns de Neil Gaiman. Mas muitos estão na minha lista. Ótimo post.

Beijos!

Mariana M... disse...

Nossa, achei bem legal a proposta do post. Bem informativo de maneira divertida. Dos livros citados, só li Proibido, maravilhoso e doloroso, aliás. Achei super válido a indicação ao Carnegie Medel.

Carolina Santos disse...

Eu lhe falo Grace E eu simplesmente adorei a história tanto que logo em seguida foi ver a Minissérie que está disponível no Netflix e é maravilhoso e eu não acredito que eu nunca tinha lido esse livro antes porque simplesmente me pegou de um jeito inevitável

RUDYNALVA disse...

Mari!
Adoro essas conexões. Começam com umrelato e terminam fechadinhas.
Ainda não li Proibido e até tenho ele aqui, quero ver se consigo ler esse ano ainda...kkkkkk
“Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
cheirinhos
Rudy

Miriã Mikaely disse...

Gente, que loucura! Nunca ouvi falar dessas conexões, mas conheço Vulgo Grace por causa da série, e caramba, como ela se entrelaça as outras histórias, chega é estranho '-'
Beijos
http://www.suddenlythings.com

Sil disse...

Olá, Mari.
Adoro essa coluna. Sempre que vejo ela tiro meu chapéu para vocês porque não é fácil encontrar essas conexões não hehe. Não sabia que o Gaiman gostava de gatos, já estou olhando para ele com outros olhos hehe. Eu quero muito ler Vulgo Grace e Lolita faz tempo que está na minha lista.

Prefácio

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Mari!
Adoro essas conexões.
Não li Vulgo Grace, mas adorei a série.
Beijos
Balaio de Babados
Participe da Folia Literária 2018: cinco kits, cinco sortudos.

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger