terça-feira, 4 de junho de 2013

RESENHA: Anjos e Demônios

“— [...]. Ele defendeu que ciência e religião não eram inimigas, mas aliadas. Duas linguagens diferentes contando a mesma estória, estória de simetria e equilíbrio. Céu e inferno, noite e dia, quente e frio, Deus e Satanás. Tanto a ciência quanto a religião apreciavam a simetria divina... a infindável disputa entre luz e trevas.” (2009, BROWN, livro digital – tradução livre).

***

Algumas horas antes de embarcar para Roma, imaginei que ao ver os lugares descritos no livro Anjos e Demônios (melhor livro de Dan Brown em minha opinião) ficaria com vontade de reler o livro. Ao ver que o livro estava por um preço acessível, não pensei duas vezes. Aliás, registro que este é o maior problema de possuir um e-reader: comprar por impulso. Porém, não me arrependi da aquisição em nenhum momento.

Uma antiga sociedade secreta se levanta das cinzas para se vingar de seu maior inimigo, o Vaticano. Além de plantar um tubo de antimatéria, substância altamente volátil, no menor país do mundo, os Iluminati ainda planejam assassinar quatro cardeais, os quais serão mortos de hora em hora, culminando com a explosão da Cidade do Vaticano. Assim, Robert Langdon  simbologista especialista na fraternidade  e Vittoria Vetra precisam correr contra o tempo e desvendar uma série de intricados enigmas para impedir que o pior aconteça.

O que mais me impressiona no autor é sua capacidade impressionante de mesclar fatos históricos, obras de artes e outros monumentos à estória criada por ele. Só posso imaginar a quantidade de pesquisa que o autor não deve ter feito para construir um quebra-cabeça tão complexo como este.

A narrativa é vívida, sendo impossível não se imaginar nos locais citados no livro. Além disso, o autor tem a especial habilidade de manter o leitor curioso, acrescentando reviravoltas inesperadas ou retardando a explicação de alguma pergunta, de modo que o leitor se obriga a ler o capítulo seguinte sucessivas vezes.

Robert Langdon é um personagem cativante e que consegue conquistar a simpatia do leitor em poucos capítulos. Mesmo sendo um poço de conhecimento, Langdon não é a prova de falhas, tampouco consegue desvendar todos os mistérios sozinho, o que conferiu ao protagonista uma boa dose de verossimilhança. 

Sendo esta a terceira vez que li o livro, pude prestar redobrada atenção em todas as minúcias da obra, e não pude deixar de observar o zelo do autor. Afinal, um livro complexo como este não possui pontas soltas, tampouco dados/informações conflitantes. 

Além de fazer uma interessante discussão entre ciência e religião, Anjos e Demônios garante uma leitura envolvente, dinâmica, com doses de suspense e adrenalina de sobra. E mesmo tendo lido a obra três vezes, asseguro que não me importaria em relê-la mais uma vez. 

Por fim, registro que se você já leu o livro, vale a pena conferir o post Viagem Literária, com fotos e descrições do Caminho da Iluminação.

Dados da edição brasileira:
Título: Anjos e Demônios
Autor: Dan Brown
N.º de páginas: 464
Editora: Arqueiro 

16 comentários:

Ana Paula Barreto disse...

Dan Brown realmente é um mestre em seu estilo! Eu não li este livro, mas vi o filme e adorei (confesso que é um dos poucos livros que veria depois de ver a adaptação cinematográfica, por achar que tem muito mais do que mostraram). O que acho mais fantástico, e como você bem disse, é a forma como ele mistura ficção com história, criando um clima tenso, cheio de mistério, ação e revelações fantásticas.
bjs
GFC: Ana Paula Barreto

Thaynara ribeiro disse...

Sinceramente não tenho curiosidade pelos livros do Dan.
Apesar da resenha, não me interessei pelo livro.
GFC: Thaynara Ribeiro

Victoria disse...

Adoro os livros do autor! Anjos e demonios é muito bom :)
Adorei essa capa também.

Beijo,

http://pontodasletrasblog.blogspot.com.br/

cath´s m. disse...

Eu gostei desse livro, foi o segundo que li do autor se não me engano.

Aione Simões disse...

Alê, eu tenho dúvidas se considero esse ou o Código Da Vinci como melhores do autor, porque são meus dois favoritos dele.
De qualquer forma, eu acho que pendo pro lado de Anjos e Demônios não só pela complexidade da pesquisa, como você ressaltou - eu também acho surpreendente como ele consegue mesclar tantos assuntos diferentes de forma coerente, além disso dar uma bagagem e tanto pro livro -, mas principalmente pela reflexão que ele desperta com a temática da fé.
Apesar de toda a loucura envolvida na história, eu consegui compreender a motivação por trás dela e, em partes, não pude deixar de concordar. Uma das cenas que mais me marcou é quando eles falam que ouvem as pessoas entoando cantos na praça.
Enfim, é um livro sensacional, sem sombra de dúvidas, e espero relê-lo em algum momento.
Beijão!

Amanda Péres disse...

Do Dan Brown só li 'O Código da Vinci', 'Anjos e Demônios' e 'O Símbolo Perdido', mas sem sombra de dúvidas o melhor foi 'Anjos e Demônios'!
Também fico perplexa imaginando a quantidade de pesquisa que foi necessário para escrever essa história. :)

GFC: Amanda Péres

Naty disse...

Eu só vi o filme e me arrependo de não ter lido o livro antes. Acho que o mais emocionante de ler os livros do autor é descobrir o "vilão" e vendo o filme acabei estragando isso.
Mas se um dia tiver oportunidade pretendo ler.

✿Nessa✿ disse...

Oi Alê!
Como eu disse no comentário no post de cima, eu não li os outros livros do autor, mas morro de curiosidade. Quero muito ter todos na minha estante.
A sua resenha so aumentou minha vontade de ler.

Beijinhos*
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Vânia Gama disse...

tentei ler Dan brown, mas acabei migrando para o filme, hahah
acho que eu não estava numa época muito boa para ler, e acabei não gostando! PVou dar mais uma chance para ele, pois sei que é um autor incrível!!
beijos

Rossana Batista disse...

Amo livros instigantes!
Ainda não li esse nem o primeiro, mas estou louca para ler!
Dan Brown é ótimo!

Roberta Moraes disse...

Eu sempre espero muito dos livros do Dan, e esse para mim é um dos melhores que li!
Amei!

Nardonio disse...

Tem como não se interessar por algo que o Dan Brown escreve?!?! Você disse uma coisa super interessante, ele realmente tem um dom especial de mesclar fatos históricos, obras de arte e ficção criada por ele. Adoraria ter todos os livros do autor na minha estante.

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

Jessica Lisboa disse...

Esse é o livro do Dan que eu nao consigo imaginar algo do gênero, ja li porem sabe aquela coisa da imaginação voar e voce tentar pensar em algo do gênero? Pois é nao consigo com esse livro, já com Fortaleza Digital e Codigo eu consigo, vai tender.

cristiane disse...

Gostei desse livro dele mais por essa coisa de bater a ciência com religião. A trama também é muito boa, mas esse aspecto em particular foi o que mais gostei de ver abordado. Vale a pena conferir o filme, nossa, que filme!
cristiane dornelas

Ygo Maia disse...

Li no ano passado. Simplesmente incrível. Foi o primeiro e único que li do Dan Brown até agora. Pretendo mudar isso em breve. Ótima resenha! Nunca li nenhum livro por três vezes.
:)
http://ymaia.blogspot.com.br/

Milena Schabat disse...

Eu li esse livro há anos, aí emprestei pra uma "amiga" e nunca mais o vi novamente =(
Mas, em breve, procurarei em bibliotecas para relê-lo também, sei que irei me divertir bastante.

Beijos,
literarizei.blogspot.com

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger