terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

RESENHA: Tabuleiro dos Deuses

“ — [...]. Nós somos peças num tabuleiro, Dr. March, e alguns de nós são mais poderosos que os outros.” (MEAD, 2014, p. 405)

***

Meu primeiro contato com Richelle Mead foi com o livro Laços de Sangue, primeiro volume da série Bloodlines, ocasião em que me surpreendi com a criatividade da autora. Em Tabuleiro dos Deuses, a criatividade de Mead se destaca ainda mais.

Justin March é um investigador de seitas religiosas que retorna à República da América do Norte Unida (RANU) após um exílio de quatro anos no Panamá. Sua missão é desvendar uma série de assassinatos ritualísticos que podem ter alguma influência sobrenatural e, para isso, ele contará com o auxílio de Mae, uma integrante da tropa de elite do exército.

É impossível ler Tabuleiro dos Deuses e não se surpreender com a criatividade de sua autora. O primeiro volume da série A Era de X nos leva a um cenário futurístico, repleto de novas tecnologias, e introduz o leitor na cultura de uma sociedade ateísta. A criatividade é tanto que inclui até mesmo uma terminologia própria, o que pode confundir em alguns momentos, mas nada que o glossário não resolva.

Além disso, me admirei com o completo controle que a autora demonstrou exercer sobre a estória. Pequenas referências a fatos ou eventos que pareciam irrelevantes no início voltam a tona em momentos inesperados, denotando quão bem estrutura é a trama criada por Mead.

A evolução do caso investigado por Justin e Mae me pareceu um pouco lenta, todavia, friso que as demais sub-tramas se desenvolvem paralelamente ao caso, de modo que não falta ação em momento algum. Acrescente-se que a narrativa, em terceira pessoa, é extremamente envolvente, o que tornou difícil interromper a leitura em certos pontos.

Os protagonistas foram bem desenvolvidos, visto que em poucos capítulos o leitor já começa a entender a personalidade deles, assim como a origem de suas motivações. Apesar do relacionamento entre Justin e Mae ser previsível e até mesmo soar como um clichê, a química entre eles é inegável.

Apesar do final não tirar o fôlego, a obra surpreende por sua trama coesa e sem pontas soltas, extraindo tudo o que poderia de uma premissa complexa e original.  Embora os elogios sejam mais do que merecidos, umas das explicações finais não me pareceu convincente, mas ainda assim não ofusca o brilho da obra. Por fim, os ganchos preparados para a continuação da série se mostraram promissores.

Tabuleiro dos Deuses é uma mescla deliciosa de ficção-científica e policial, que dá o pontapé inicial a uma série com muito potencial e demonstra a versatilidade de Richelle Mead.O próximo volume da série, The Immortal Crown, tem lançamento previsto para 29 de maio deste ano nos Estados Unidos.

Título: Tabuleiro dos Deuses – A Era de X (exemplar cedido pela Editora)
Autora: Richelle Mead
N.º de páginas: 420
Editora: Paralela

5 comentários:

Ana Paula Barreto disse...

Até eu que não sou a pessoa mais chegada a livros do estilo fiquei animada com a mistura inusitada de ficção-científica com policial. Apesar do sobrenatural aparecer na história, acho que o que me fez querer ler este livro foi a criatividade da autora, a narrativa e a trama redondinha.
bjs
bjs

Nardonio disse...

Ainda não li nada da Richelle Mead, mas sempre leio resenhas positivas em relação às suas tramas. O legal é ver que a autora é criativa e sabe deixar os leitores completamente vidrados em suas histórias. Sem falar na construção segura das personagens. Mais um da autora que quero ler.

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

Gabriela Cerutti Zimmermann disse...

Não li nada da autora e não muito interesse pela série Bloodlines, mas seus relatos sobre esse livro me deixaram bastante curiosa. Vou ver se consigo. Ótima resenha.

Abraço!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Jessica Lisboa disse...

Nao conhecia a autora, nao vou disser que irei ler o livro agora porque o mesmo nao me despertou tanta atenção, mas gostei de alguns pontos da historia. Quem sabe futuramente eu nao venha a ler.


xx

camila rosa disse...

Eu ainda não li outros livros da autora somente Academia de vampiros por enquanto e na minha opinião a autora possui uma escrita envolvedora, espero poder Tabuleiro dos Deuses em breve, pois o mundo que ela criou nesse livro parece ser simplesmente incrível.
Beijos!!!

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger