sexta-feira, 27 de novembro de 2015

RESENHA: Troca de Mensagens entre Sherlock & Watson e outras conversas dos nossos personagens favoritos da literatura

rhett
rhett

olá, Scarlett

o que vc está fazendo?

ainda na prisão, receio

ARGH
eu quero sair e ninguém pode ir comigo

lamento frustá-la, minha querida

estou tão tão tão entediada

entediada, minha querida? com uma mente como a sua?
aí está algo que nem mesmo eu sou capaz de imaginar 

isso é uma piada? 

posso lhe assegurar que estou falando sério 

vc está zombando de mim.
é exatamente por isso que vc ñ é aceito.
(ORTBERG, 2015, p. 102)

Pura curiosidade. Essa foi a razão que me levou a ler “Trocas de Mensagens entre Sherlock & Watson e outras conversas dos nossos personagens favoritos da literatura”. A premissa é simples: como seriam as conversas entre alguns dos personagens e autores mais famosos da literatura mundial se vivessem em nossos tempos e tivessem um celular sempre em mãos? Para mim, tinha tudo para ser muito divertido. Uma releitura moderna e dinâmica dessas histórias, capaz de preservar os acontecimentos da trama já que apenas a essência dos personagens e seus relacionamentos seria aproveitada. Mas o resultado me decepcionou.

Por serem conversas breves e o texto adotar o formato de mensagens, o livro é muito rápido de ser lido. Porém essa característica “bate-volta” cansa com o passar do tempo, deixando a sensação de superficialidade. É claro que essa narrativa pouco convencional é parte da proposta e que as mensagens se baseiam em relacionamentos que já foram estabelecidos nos livros e que, portanto, conhecemos previamente, mas ainda assim fiquei com a sensação que de faltou algo. A base toda já estava preestabelecida, então me parece que poderia facilmente ter se extraído mais dela.

Eu previra que as conversas dedicadas a autores e personagens com os quais eu não tenho familiaridade não teriam o mesmo apelo das outras, mas eu esperava que o texto encontrasse formas de se sustentar por conta própria, o que a meu ver não aconteceu. A superficialidade aliada a minha falta de conhecimento tornaram algumas conversas completamente irrelevantes.

Abordando desde clássicos como Shakespeare, Oscar Wilde, Scott Fitzgerald, Emily Brontë e Charles Dickens, até literatura contemporânea como Harry Potter e Jogos Vorazes, o livro poderia conquistar um público abrangente, ainda mais por trazer todos esses personagens para uma situação que faz parte do nosso cotidiano (a troca constante de mensagens), mas acredito que isso não acontece já que a falta de aprofundamento pode não agradar os leitores mais exigentes da mesma forma que dificilmente conquistará os leitores com uma bagagem literária mais escassa que apenas pelo conteúdo das mensagens não irão conseguir entender 100% do que está ali.

Por fim digo que os capítulos que mais me agradaram foram os dedicados a “E O Vento Levou...”. A ideia da ótima Scarlett O’Hara com um celular na mão é impagável.

Título: Trocas de Mensagens entre Sherlock & Watson e outras conversas dos nossos personagens favoritos da literatura (exemplar cedido pela editora)
Autor: Mallory Ortberg
N° de páginas: 240
Editora: Record

17 comentários:

Karina Valshe disse...

A proposta do livro é bem curiosa, foi o único motivo que me levou a querer dar uma chance, mas andei me desanimando com algumas críticas que andei vendo.
O livro tinha tudo para ser engraçado, mas a superficialidade tirou qualquer chance de conquistar o leitor. Independente do quão crítico alguém seja, creio que esse livro não vai conseguir conquistar um leitor por completo.
Não sei mais se lerei Trocas de Mensagens entre Sherlock & Watson e outras conversas dos nossos personagens favoritos da literatura, mesmo sendo um livro que posso devorar em um dia devido a seu formato, pois preciso pensar em quais livros irei me aventurar. Minha lista é enorme e prefiro não perder tempo com o que considero infrutífero.
Abraços

Gabriela CZ disse...

Também pensei que esse livro seria divertido, Mari. Até fiquei pensando se as conversas dos personagens que não conheço não seriam um problema, mas a superficialidade já me repele. É uma pena. Ótima resenha.

Abraços!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Ycaro Brito disse...

Oi, Mari. Eu estava apostando - e muito - em Trocas de Mensagens entre Sherlock & Watson e outras conversas dos nossos personagens favoritos da literatura, mas pelo que li o livro não é merecedor de boas críticas. Concordo sobre a ideia de uma leitura divertida e cheia de conhecimentos, mas, infelizmente, a autora não soube usar dos personagens uma leitura ágil e confortável. Esperava muito mais desta leitura!
Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br
Instagram: Consumidor de Sonhos | CdS

Gus disse...

Parece otimo mas, acho, que pela superficialidade não iria me agradar muito, mas mesmo assim eu gostaria de dar uma conferidinha rs

www.cidadedosleitores.blogspot.com

Postando Trechos disse...

Caramba, adorei isso! kkkkk

Beijos,
http://postandotrechos.blogspot.com.br/

Vanessa Vieira disse...

Gostei da resenha Mari. Achei a temática do livro bem inovadora, pena que faltou um pouco mais de aprofundamento em alguns tópicos. Beijo!

www.newsnessa.com

RUDYNALVA disse...

Mari!
Acredito que a maior dificuldade em ler esse livro seja, ter que ter lido todos os livros citados nas conversas, caso contrário, fica bem vago por não sabermos a que se refere aquela determinada conversa.
Não fiquei interessada não, apesar de o título chamar atenção.
“Sem a música, a vida seria um erro.”(Friedrich Nietzsche)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

Sarah Fernandes disse...

Olá !! Eu não li a maioria dos livros citado nas conversas, então acho que não leria, mas a proposta do livro é bem interessante *_*
Beijos
http://resenhaatual.blogspot.com.br/

Sil disse...

Olá, Mari.
Eu tinha visto esse livro no face e me interessado por ele. Fiquei imaginando como seria a conversa de alguns personagens que eu amo. Gostei muito da sua resenha e de ver sua opinião sobre ele. Você abordou pontos que eu não tinha pensado. Pode ser que fique bem superficial mesmo e não tinha pensado nas partes dos livros que eu ainda não li hehe.

Devaneios de uma Cindy disse...

Mari,

Fiquei bem curiosa com esse livro, mas depois da sua resenha fiquei bem decepcionada, esperava mais.

Beijos!

Cintia
http://www.devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

Jul T. disse...

Olá, Mari!
Justamente a curiosidade me faria ler o livro também, haha.
Espero que essa "superficialidade" não incomode muito.

Blog Entretanto

Camila Monteiro disse...

Hum. Vou passar esse. Não me envolveu não! Hehe
Apesar de achar os dois geniais!

>> Vida Complicada <<

Nadja disse...

Oi! Uma pena, achei que foi uma boa ideia e já cheguei a imaginar como seria alguns autores e pessoas conhecidas no mundo de hoje e quando esse livro apareceu achei que fosse a minha chance de me deleitar com a leitura, mas não gosto de superficialidade, parece até que não houve empenho na hora de escrever. Pelo trecho que você colocou no inicio do texto já percebi que não me agradará.

Rose Gs disse...

Olá!!
Tenho que admitir que foi uma ideia bem diferente mas não posso dizer interessante porque não me interessou nem um pouquinho e depois de ler sua resenha então, vejo que nem divertido não é , logo dispenso.
Bjocas!!

Vitor Leonardo disse...

Que triste só de ver a resenha já vi que não iria gostar dessa leitura.
Confesso que achei interessante a proposta desse livro haha.
Mas seria um bom passatempo!

Mih Prado disse...

Olá Mari! A proposta do livro é bem interessante, mas confesso que ficaria bem perdida nas trocas de mensagens pois nem todos os livros eu tive a oportunidade de conferir. Confesso que não despertou meu interesse.

Eloísa Pompermayer disse...

Oláá Mari
Então, eu achei a proposta do livro interessante, mas apesar de ter curiosidade em ler esse livro eu acredito que não iria gostar muito, alguns dos personagens eu não conheço e outros eu acredito que perderiam o mistério que os envolve, ou faltaria detalhes, enfim acredito que não iria gostar muito desta leitura.

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger