quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

RESENHA: O Destino da Número Dez

“— Eles não sabem que eu não tenho ideia do que estou fazendo. Não sei como lutar uma batalha dessa proporção. Nove está desaparecido, Ella foi capturada e está basicamente sendo torturada, não sei por que Seis e os outros estão demorando tanto para voltar do Santuário [...]. Enquanto isso, há vinte e cinco naves de guerra sobre vinte e cinco diferentes cidades.” (LORE, 2015, p. 132). 

***

ATENÇÃOa sinopse (parágrafo abaixo) CONTÉM SPOILERS do livro anterior. O restante da resenha é SPOILER FREE. 

A invasão mogadoriana teve início e agora Setrákus Ra exige que todos os líderes da Terra se curvem ao seu domínio. Mas agora a Garde não está mais sozinha: quando estavam no Santuário, Seis, Marina e Adam liberaram um poder que distribuiu legados aos seres humanos. O último obstáculo é resgatar Ella das mãos do líder mogadoriano e quebrar o feitiço que une as vidas deles, caso contrário, não será possível matar um sem matar o outro. 

Fica claro desde o início que O Destino da Número Dez é o começo do fim. Não apenas por ser o penúltimo livro da série, mas por começar a amarrar as pontas da trama, fornecendo respostas aos leitores. Aliás, creio que o fator mais marcante do sexto livro são as explicações sobre Lórien, os legados e a origem da batalha contra Setrákus Ra. 

A narrativa divide-se entre os pontos de vista de John, Seis e Ella, contando com um foco de ação mais restrito. Apesar disso, não faltam momentos de tensão e adrenalina ao longo da trama, bem como reviravoltas eletrizantes. Mais uma vez, a narrativa de Lore conta com um ritmo intenso, acelerado e envolvente, mesmo nos capítulos iniciais, quando há poucos acontecimentos.  

Como não poderia deixar de ser, quem rouba as luzes do palco neste livro é Ella, que apesar de ainda ser uma criança, se vê ligada pessoalmente a Setrákus Ra, presa em meio ao fogo cruzado. Ao mesmo tempo em que é empolgante ver Ella descobrindo novos legados, também é angustiante ver o sofrimento pelo qual ela passa, sendo impossível não se impressionar com sua evolução e amadurecimento. 

Apesar do desfecho não contar com um cliffhanger bombástico como foi o caso de alguns dos livros anteriores, O Destino da Número Dez certamente prepara o caminho para o último livro da série, prometendo não apenas uma batalha épica, mas também uma montanha-russa de emoções. 

Comentei na resenha de A Vingança dos Sete que não via a necessidade de mais dois livros para completar a série, porém, reconheço que estava enganado. O Destino da Número Dez tem estória própria, não se tratando de apenas uma ponte para o último livro. Além disso, fica claro que o autor tinha a estória bem planejada e que não a espichou desnecessariamente. 

O Destino da Número Dez é o tipo de livro que, ao encerrar a leitura, te deixa um pouco abalado, ainda absorvendo todas as informações, bem como conjecturando sobre os rumos que a estória irá tomar. Encerro dizendo que o sexto volume não decepciona e aumentou ainda mais minha expectativa para United as One, o último volume da série Os Legados de Lorien. 

United as One será lançado nos Estados Unidos em 28 de junho de 2016. 

Título: O Destino da Número Dez (exemplar cedido pela editora)
Autor: Pittacus Lore
N.º de páginas: 316
Editora: Intrínseca

18 comentários:

Gabriela CZ disse...

Logo sai o último volume e nem comecei a série ainda, Alê. Mas seus comentários sobre esse penúltimo livro só me deram ainda mais certeza de que preciso conferir. Mal posso esperar. Ótima resenha.

Abraços!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Larissa Santos disse...

Nunca soube direito do se tratava a história e fiquei feliz em enfim descobrir rs
Parece ser uma história ótima.
Ótima resenha!!

blogquerida.blogspot.com.br

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Alê!
Terminei de ler A Vingança dos Sete recentemente e logo lerei esse. A história continua ótima.
Realmente eu acho que 7 livros é um exagero, mas não há outra melhor forma de escrever essa história. Ficarei depressiva quando acabar.
Beijos
Balaio de Babados

Desbravadores de Livros disse...

Olá, Alê.
Essa série é até interessante (já li o primeiro livro), mas o tamanho me desanima. Pelo que li na primeira obra, não vejo necessidade de tantos livros.
Quanto a sua resenha especificamente, bom saber que você achou que o livro ainda agrega, mesmo depois de tantos livros anteriores. Anima-me um pouco mais saber que o autor tinha tudo planejado, pois eu tenho medo exatamente disso: comprar um monte de livros de apenas enrolação.

Boa resenha, como sempre.

Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores!

Sandra disse...

Olá !! Não aprecio livros de ficção. Gosto mais de histórias que abordem fatos reais. Ficou claro em sua resenha que para compreender a narrativa, deve-se ler os livros anteriores da série.

Patrini Viero disse...

Não li nenhum livro da série, mas assisti ao filme, apesar de não saber se ele é exatamente fiel ao livro. Confesso que a história me atrai bastante, tem todos os elementos que eu curto num livro desse gênero. Acredito que, este livro em si, respondendo às questões que o enredo suscita, seja interessante e coerente com a série, além de necessário. Gosto muito de livros que nos levam a refletir sobre a trama e confabular os rumos que o enredo tomará!

Jessica Salgado disse...

Estou louca pra ler esses livros desde que vi o filme, mas sempre acabo deixando pra lá e não compro os livros. São todos bons? Gostei bastante do filme, creio que o livro tenha sido melhor, mas às vezes fico com receio de comprar e não gostar do resto da série haha.

Beijos,
Jéssica.
reviewiing.blogspot.com.br

Sil disse...

Olá, Alê.
Eu estava pensando em qual livro eu ia ler agora e você me convenceu. Tenho que ler esse. Eu amo essa série e gostei de saber que nesse tem explicações sobre Lorien. Nem li esse ainda e já estou com um aperto no coração porque está acabando hehe E quem bom que tem narração da Seis, meu personagem favorito.

marlene conceiçao disse...

Adorei essa resenha.
Ainda não li essa série, nem conheço esse autor, mas ja ouvir muitos elogios, ao autor e a sua escrita, espero em breve estar desfrutando dessa leitura.

Paloma Viricio disse...

Parece ser um livro muito bom . Vi que te deixou ansiosa para os próximos da coleção. Eu não li nada da série, mas quero muito. Fiquei mais ansiosa ainda para conhecer esses livros.
Beijos,
Monólogo de Julieta

Michele Lima disse...

Oi Alexandre!

Nossa, eu ando fugindo de series enormes, confesso, mas esta já está na minha lista e lerei quando o ânimo voltar rsrsrsrs

Bjs, Michele

O que tem na nossa estante

Dan Igor disse...

Oi! Adoro o gênero que a série aborda, além dos livros parecerem ser super eletrizantes e cativantes, prendendo do início ao fim. Minha amiga é uma grande fã de Legados de Lorien e sempre me incentiva a ler, depois desse post fiquei mais curioso. Abraços :)

Teca Machado disse...

Alê, sou alucinada por essa série. E bom saber que você também gosta!
Realmente, o final do anterior foi do tipo "whaaaaaaaaaaat????".
Incrível!
Estou com muita vontade de ler esse logo.
Sabe que eu também achava que não precisava de 2 livros mais? Me dava muito a impressão de que mais 1 estava ok. Mas se você diz, acredito.
:D
Adoro a narração do John, apesar de ele ser certinho demais. Mas minha preferida sem dúvida é a Seis. Ela é muito badass!

Beijooos

www.casosacasoselivros.com

Carolina Garcia disse...

Oi, Alê!

Eu só li Eu sou o número 4 e acabei não continuando. Para ser sincera, eu li o livro em inglês (minha irmã me trouxe de presente durante o intercâmbio dela) e aí saiu em português, mas acabei enrolando e hoje já tem muitos livros!! Hahahaha

Vou voltar a ler a série e tentar entrar em dia com todos os livros.
Mas é bom saber que a história fica boa assim porque eu achei o primeiro livro okay apenas.

Bjs

livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

Jessica Lisboa disse...

Eu gosto da historia que o autor criou nesses livros, mas é muito longo, eu duvido que consiga ler tudo, mas ta na lista mesmo assim.

Minhas Impressões disse...

Olá, Alê.
Dessa série, eu li o "Eu sou o número quatro" há alguns anoa atrás. Lembro de ter gostado, mas não sou muito d acompanhar séries por medo de chegar uma hora em que o autor comece a enrolar. Pelo visto, não é o caso dessa série, já que o autor sabe onde quer chegar.
Abraços.
Minhas Impressões

Fernanda Mendonça disse...

Oi!

Eu não li ainda essa série, pq não ando comprando livros e pq não conheço ninguém que o tenha para me emprestar.
Porém, assisti o filme do Eu Sou o Número Quatro e achei muuuuuuuito legal. Como sei que as adaptações geralmente deixam a desejar com relação ao livro, tenho muita vontade de ler. É bom ler resenhas e saber que os livros são muito bons hehehehe

Carol Souza disse...

Sou apaixonada por essa série. Achei esse livro MUITO bom, adorei toda aquela contextualização e fiquei muito nervosa. O final de A Vingança dos Sete tinha sido maravilhoso e aumentado minhas expectativas quanto ao sexto. Agora é esperar o desfecho. Sentirei saudades :(

ourbravenewblog.weebly.com

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger