sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

RESENHA: Um Cântico de Natal e Outras Histórias

“Perdi as minhas lembranças de aflição, injustiça e angústia — disse o químico —, e com elas perdi tudo que um homem pode querer lembrar.” (DICKENS, 2015, p. 265)

***

Desde que li Grandes Esperanças tinha vontade de conferir os demais livros de Charles Dickens, e quando a Editora Martin Claret anunciou que lançaria Um Cântico de Natal e Outras Histórias, uma coletânea de contos, não tive dúvidas de que precisava lê-lo. 

Apesar de Um Cântico de Natal ser o conto mais famoso de Dickens, o autor escreveu outras vinte e uma estórias de natal. Nesta coletânea, foram reunidos oito contos que não apenas reavivam a magia do natal, mas também nos fazem refletir sobre o verdadeiro significado desta data. 

Em Um Cântico de Natal conhecemos a estória de Ebenezer Scrooge, um comerciante solitário e mesquinho, que se importa apenas com o dinheiro e com a prosperidade de seu negócio. Porém, na véspera de natal, Scrooge recebe a visita do fantasma de seu antigo sócio, que o alerta que receberá três visitas: do Espirito do Natal Passado, do Espirito do Natal Presente e do Espírito do Natal Futuro, os quais o farão repensar sua vida. 

Confesso que, em um primeiro momento, achei a estória um pouco batida. Afinal, a premissa de reavaliar seus valores ao ser confrontado pelos erros do passado não é nova. Entretanto, posteriormente me dei conta que esta sensação de clichê se deve ao fato de que Um Cântico de Natal é um dos precursores deste tipo de estória, que une o processo de redenção ao período reflexivo do natal. 

O conto também apresenta a qualidade de Dickens que mais admiro: sua sutileza. Seria fácil analisar Scrooge apenas como um homem mesquinho, antissocial e avesso as tradições natalinas, porém, podemos ver nas entrelinhas que ele é muito mais do que isso. O autor deixa pistas da verdadeira personalidade de Scrooge, fazendo o leitor refletir sobre como e por que ele se tornou o homem que é. 

Outro conto marcante é O Homem Possesso e o Pacto com o Fantasma, no qual o professor Redlaw é visitado por um fantasma que lhe propõe esquecer toda memória angustiante ou aflitiva. O professor aceita a proposta e após é informado que ele também poderá fazer com que outras pessoas esqueçam seus passados sombrios. 

Neste conto, a genialidade de Dickens fica ainda mais evidente, pois a discussão gira em torno da importância das nossas memórias, mesmo daquelas que nos fazem sofrer, pois o conjunto delas é responsável pela construção da nossa identidade. 

Nos demais contos, Dickens parte de temas e situações natalinas, às vezes em contextos fantásticos, mas sempre explorando a alma e a psique do ser humano, de modo que suas estórias jamais deixam de ser atuais. 

Em Um Cântico de Natal e Outras Histórias, Dickens transporta o leitor para uma Londres vitoriana, mostrando diversas facetas de uma das maiores celebrações do mundo, propondo reflexões sobre a vida, a família e a amizade, bem como sobre a importância da solidariedade. 

Impossível encerrar a resenha sem elogiar o capricho da Editora Martin Claret com esta edição, que conta não apenas com capa dura, mas também com papel pólen de alta qualidade e belas ilustrações.

Título: Um Cântico de Natal e Outras Histórias (exemplar cedido pela editora)
Autor: Charles Dickens
N.º de páginas: 323
Editora: Martin Claret

24 comentários:

Dan Igor disse...

O livro parece trazer mensagens muito importantes, além de contar com a ótima escrita e narração desse autor clássico! Quero muito ler, não conhecia essa obra do Dickens. Abraços ;)

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Alê!
Toda vez, no Natal, digo que vou ler essa coletânea do Dickens, mas sempre esqueço.
Realmente Um Conto de Natal foi o que impulsionou esse tipo de história.
Curiosa para conferir os dois outros contos que você mencionou.
Beijos
Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

Sil disse...

Olá, Alê.
Assim que bati o olho na capa já me interessei. Dai fui ler sua resenha para ver do que se tratava e é claro que já quero ele na minha estante. Apesar do conto principal ser muito famoso, eu ainda não li. Quem sabe é agora que mato minha vontade hehe.

Blog Prefácio

Tony Lucas disse...

Oi, Alê! Tudo bem? Se essa capa já linda por imagem, imagina ao vivo e a cores e em capa dura?!?! Adorei a premissa da obra e super fiquei interessado em lê-la. Vou tentar ler a antologia no Natal, porque sou desses que curte lê livros temáticos nas épocas do ano em que eles se passam rs Adorei a resenha! :)

Abraço

http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

Jéssica Soares disse...

Oi, Alê! Tudo bem?
Sempre quando dezembro chega, o pessoal começa com as indicações de livros e contos com a temática natalina e sempre "Um Cântico de Natal"é indicado! Eu não fiquei sabendo do lançamento dessa edição e, mesmo que eu não conhecesse por alto seu conteúdo, essa capa linda já seria motivo suficiente para chamar a minha atenção na livraria. É bom saber que há outros contos marcantes e que essa edição na se vende somente por aquele que é mais famoso. Charles Dickens é um autor obrigatório para se conhecer antes de morrer né? Espero conferir algo dele logo, a dica está anotada!
Jéssica S. - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

Jessica Lisboa disse...

Sinceramente nunca ouvi falar nem chegar a ler nada do autor, mas fiquei curiosa em ler este livro (mesmo que eu leio pouquíssimos contos), achei a capa uma graça, ja esta na lista.

Thati Machado disse...

Oi Alê, tudo bom?
Confesso, vergonhosamente, nunca ter lido nada do autor, mas você não é o primeiro (e não será o último, rs) a tecer diversos comentários positivos acerca do seu trabalho. Gostei da premissa desse livro, em especial, por adorar o Natal e as reflexões que ele traz! Parabéns pela resenha :D
Beijo grande! ♥

Thati Machado;
http://nemteconto.org

Jess Sena disse...

Oi, tudo bem?
Nunca li nada do autor :/
Esse parece um excelente livro! Que capa hein, e ainda é capa dura? Nossa, maravilhoso!

@saymybook
saymybook.blogspot.com

Vida de Leitor disse...

Ah, faz tempo que estou afim de ler uma história de Dickens! Só que nunca encontro um livro dele quando procuro, e quando encontro não estou com dinheiro pra levar hehe.
Essa obra inclusive me interessou muito, espero ser a minha primeirado autor!
Beijos!
Maria - doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

Daniela Silva disse...

Oi Alê!
Ainda não li nenhum livro do autor e gostei muito deste, adoro o tema e as estórias parecem ser simples e muito cativantes. Ótima resenha. :)
beijos ♥
nuclear--story.blogspot.com | Sorteio A Rainha Vermelha

Gabriela CZ disse...

No final do ano passado li Um Cântico de Natal e realmente é um conto fantástico, Alê. Como já conhecia a história sabia que tinha servido de referência para tantas outras que usam a premissa de revisitar o passado em busca de redenção, então meio que já li com a ideia de "conferir as origens". Não sabia dessa edição da Martin Claret com outros sete contos, certamente vou procurar. Ótima resenha.

Abraços!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Caverna Literária disse...

Linda a capa! Não sou muito ligada em contos, mas quando se trata de Natal, é impossível resistir. Já vou deixar marcado a indicação pra quando dezembro chegar :D ótima resenha!

xx Carol
http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
Tem resenha nova no blog de "House of night", vem conferir!

Carolina Garcia disse...

Oi, Alê!!

A Martin Claret normalmente só publica livros lindos mesmo. Nunca vi nenhum meia boca deles. É sempre um orgulho.

E que livro legal! Tenho certeza que minha mãe iria amar lê-lo! E eu também, claro! xD
Acho muito interessante essa história do Scrooge porque ela continua a cada dia mais atual. Vejo como o tempo passa e a gente perde contato com algumas pessoas importantes na nossa vida, deixa de olhar para quem está pedindo ajuda e no fim acabamos nos fechando em um casulo de solidão.

Adorei a resenha e vou deixar esse livro de alerta para comprar assim que tiver uma promoção! ;)

Bjs

livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

Jeni Viana disse...

Oi, Alê! Tudo bem contigo?

Cara, que resenha é essa? Adorei! Já ouvi falar muito do autor, porém até o momento não tive a oportunidade de ler algo de sua autoria. Recomendaria que efetuasse a leitura desse livro primeiro para conhecer a característica da sua narrativa ou outro?

Um beijo,
Doce Sabor dos Livros - docesabordoslivros.blogspot.com

camila disse...

Oi Ale

Não sou de ler contos e de Natal então, mas só pela sua resenha fiquei bem curiosa viu, adoraria ter este livro, ainda mais depois dos elogios pela edição, ficaria lindo na minha estante!! Poderia ter tirado foto!

Beijos Mila
Daily of Books

Teca Machado disse...

Oi, Alê!
Nunca li nada do Dickens, mas quem nunca viu uma releitura ou algo sobre Scrooge?
Meu primeiro contato foi com o Tio Patinhas na infância, haha.
Depois disso já vi inúmeros livros/filmes/contos. Gosto muito do Minhas Adoráveis Ex-Namoradas, haha.
Gostei da premissa do conto das memórias. Parece bem legal!
E que capa linda!
O livro parece maravilhoso como um todo.

Beijoooos

www.casosacasoselivros.com

Thalita Branco disse...

Olá Alê!
Essa edição realmente parece linda. Só não me animou em ler pois não curti muito o estilo do autor. Tentei ler o David Copperfield e não curti :(
Bjs

EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

Diane disse...

Oi...
Que legal!
Livros com essa harmonia de Natal sempre rendem ótimas histórias com lindos ensinamentos:)
Quero muito ler.
Beijos

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Sarah Fernandes disse...

Olá, tudo bom? O livro parece ser ótimo, adoro livros com temática de Natal *_* Vou procurar ele para ler ^^

Beijos
http://resenhaatual.blogspot.com.br/

Ariane Reis. disse...

Oie Alê =)

Nunca li nada do Charles Dickens, mas depois de ler a sua resenha, mesmo não gostando muito de histórias que se passam no Natal fiquei curiosa para saber mais.

Gosto de autores que conseguem ser sutis em suas narrativas. Afinal nem tudo é o que parecer ser.

Dica anotada!

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary

Patrini Viero disse...

Poxa, super legal a iniciativa da editora de lançar esses contos de Dickens, um autor que sempre nos dá a oportunidade de refletir tanto em suas histórias. Confesso que já conheço a história de Um Conto de Natal há um tempo, mas sempre que volto a ela me encanto cada vez mais com as lições ali contidas. Com relação aos outros contos, ainda não os conheço, mas fiquei com muita curiosidade em ler o livro e ver que pensamentos elas guardam!

Minhas Impressões disse...

Olá, Alê.
Eu realmente não sabia que o Dickens havia escrito outros contos com a temática natalina além de "Um cântico de natal".
Eu também gosto muito dessa sutileza característica do autor e quero essa da Martin Claret para mim!
Abraços.

Minhas Impressões

marlene conceiçao disse...

Gostei muito da resenha.
Primeira vez que vejo falar do escritor Dickens, mas com certeza quero dar uma conferida na sua escrita, fiquei super curiosa.
Bom Dia.

Fernanda Mendonça disse...

Oi!

Eu sinceramente não lembro se eu li os contos dessa coletânea, mas eu tenho a impressão que sim hahaha
Já li algumas coisas do Dickens quando eu era mais nova e eu gostei bastante da escrita dele.

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger