quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Especial de Fim de Ano - Parte 3

Está no ar mais um Especial de Fim de Ano no Além da Contracapa. Quem acompanha o blog há mais tempo, já sabe o que vem por aí. Para quem nunca viu os nossos especiais, eis uma breve explicação: todo ano, fazemos um especial dividido em três partes. Na primeira, comentamos como foram as leituras dos livros que, no especial do ano anterior, elegemos como as nossas maiores expectativas para esse ano. Na segunda, vocês ficam sabendo quais foram as nossas melhores leituras de 2017. Por fim, contamos para vocês quais os livros que estão no topo da nossa lista de desejados para 2018

Na terceira, e última, parte do especial deste ano, vocês vão conferir algumas das nossas grandes expectativas literárias para 2018

3º lugar: Me chame pelo seu nome

O livro chamou minha atenção, inicialmente, em virtude da adaptação cinematográfica, que fez sucesso nos festivais de Berlim, Toronto, Sundance e do Rio, sendo um forte candidato ao Oscar. A obra conta a estória do jovem Ellio que se encanta por Oliver, um escritor de 24 anos, durante o verão na costa italiana. Embora a premissa não seja exatamente original, fiquei curioso para saber como seria desenvolvido um romance não apenas com personagens LGBTs, mas que também contasse com protagonistas com uma diferença de idade acentuada. (Alê)


3º lugar: O Desfile de Páscoa 


Uma das minhas melhores leituras do ano passado, “Foi Apenas um Sonho” me deixou na expectativa de conferir outras obras de seu autor. “O Desfile de Páscoa” não tem uma grande premissa (a história de duas irmãs que tomam rumos diferentes, mas que depois se reencontram com consequências desastrosas), mas Yates mostrou tanto domínio de personagens e soube extrair uma história tão intensa de uma premissa tão batida em “Foi Apenas um Sonho” que acredito que ele poderá fazer muito neste livro. (Mari)


2º lugar: Anna Kariênina

Preciso confessar que nunca li uma obra da literatura russa — um motivo de vergonha, admito — e há anos tenho o desejo de conferir Anna Kariênina, uma das obras-primas de Liev Tólstoi. O livro foi relançado no ano passado pela Companhia das Letras e na mesma hora decidi que seria uma das minhas prioridades de leitura. Reconheço que não tenho muito conhecimento sobre a premissa do livro, apenas de que se trata de um drama familiar tendo como pano de fundo a Rússia czarista, abordando temas como relacionamentos, política, religião e classes sociais. É pouco, mas o suficiente para despertar meu interesse, sobretudo, em virtude do reconhecimento que a obra recebeu a nível mundial. (Alê)

2º lugar: An absolutely remarkable thing

Ainda sem título no Brasil, mas com previsão de ser publicado pela editora Seguinte no segundo semestre de 2018, o livro de estreia de Hank Green,  irmão de um dos meus autores favoritos, John Green, e que divide com ele o canal Vlogbrothers no youtube, ganhou lugar na minha lista. A história de uma estudante de arte que tem um encontro inusitado com uma gigantesca estátua de robô me desperta a curiosidade mais pelo nome (ou melhor, pelo sobrenome) do seu autor do que por qualquer outra coisa. Será que o talento corre na família? (Mari)

1º lugar: O Garoto no Convés

Depois da incrível experiência de leitura que tive com O Pacifista, nada mais do que esperado que minha maior expectativa para 2018 fosse uma obra de John Boyne. Sinceramente, após ter visto tanto talento em O Pacifista, certamente lerei todas as obras do autor e O Garoto no Convés foi minha primeira opção por causa da prova do livro disponível no site da editora. Em poucas páginas, Boyne já consegue cativar o leitor e nos deixar sedentos para descobrir o desenrolar da estória. Confesso que a premissa não parece ser grandes coisas: um garoto que é flagrado furtando nas ruas recebe a opção de ser preso ou de servir em um navio. Entretanto, tenho certeza de que nas mãos de Boyne terei mais uma experiência marcante. (Alê)

1º lugar: Since we fell

Desde a leitura do devastador “Sobre Meninos e Lobos” não só fiz as pazes com Dennis Lehane como o promovi para a minha lista de autores queridinhos. “Since we fell”, a história de uma jornalista que tem um colapso nervoso, foi lançado nos Estados Unidos em maio de 2017, tendo direitos vendidos para o cinema antes mesmo do lançamento do livro. A Companhia das Letras, editora que publica os livros de Lehane no Brasil, já adquiriu os direitos de publicação por aqui, mas ainda não anunciou nada oficialmente. Dedos cruzados para que saia, finalmente, em 2018. (Mari)


17 comentários:

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Alê! Oi, Mari!
Nossa, eu já li Me Chame Pelo Seu Nome e que livro lindo demais!!!! Ele mexeu comigo de uma forma que não sei explicar.
Beijos
Balaio de Babados

Ludyanne Carvalho disse...

Que livros interessantes.
Tenho vontade de ler mais clássicos, ao mesmo tempo que sinto um certo receio em não me identificar com a narrativa, mas não será nesse ano que vou conseguir incluir.
Gosto da escrita do John Green, mas não estou curiosa com o livro do Hank.
E espero incluir um livro do Boyne na minha lista, nunca li nada mas só vejo comentários positivos.

Beijos

Gabriela Soares disse...

Ahhhh, que legal esse especial de fim de ano! Dos livros da lista, eu ainda não conhecia nenhum, acredita? Já ouvi falar do filme de Me Chame Pelo Seu Nome e fiquei bem interessada, agora sabendo do filme, já quero ler! Gostei também do An Absolutely Remarkable Thing só por causa do sobrenome do autor também HAHA e Since We Fell parece ótimo também!
Um beijão,
Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

Tamires Marins disse...

Oi, Alê e Mari

Eu desconhecia totalmente Me Chame Pelo Seu Nome, só o descobri há umas duas semanas, quando fiquei sabendo do filme. Já assisti ao trailer e parece ser uma história emocionante, realmente não é muito original, mas esse lance de haver essa diferença de idade pode ser interessante se bem desenvolvida.

Se tem um livro que eu não quero ler é o do irmão do John Green. Acho que peguei ranço dele por tabela, já que não gosto nadica de nada dos livros do JG, já até parei de tentar. Rss

Aguardo a opinião de vocês, viu?! :)

Beijos
- Tami
http://www.meuepilogo.com

Caixinha de sonhos disse...

Boa tarde, tudo bem?
Estou começando meu blog e queria a sua ajuda. Me segue lá!
Seu blog é perfeito, amei!
beijos.

Carolina Santos disse...

Já li alguns dos livros da sua lista como por exemplo o dá Ana mas eu fiquei impressionada e super atraída pelo livro me chame pelo seu nome não consegui ficar muito bem no nome do autor que tinha na foto do livro mas eu procurei na internet e o livro já está na minha lista de próximas leituras do Skoob obrigado pela indicação

O Que Tem Na Nossa Estante disse...

Oi meninas, eu quero muito ler Me chame pelo seu nome, estão falando tão bem do filme que quero ler a obra original!! os demais eu não conferir, mas dicas anotadas!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Leandro Firmino disse...

Ooi,
Eu tô muito ansioso pra ler Me Chame Pelo Seu Nome, pensei até em comprar a versão em inglês, mas como sei que não iria entender nada, nem fiz isso huahasuh =P. Eu tenho Anna Kariênina aqui e pretendo terminar de ler ainda nessas férias c: parece ser excelente mesmo!

Abraços,
https://tonylucasblog.blogspot.com.br

RUDYNALVA disse...

Alê e Mari!
Grandes expectativas para 2018.
Também gostaria de ler Tostói e outros clássicos, acredito que é a única meta que tracei para esse ano, ler mais clássicos.
Boas leituras.
Desejo Um Novo Ano repleto de realizações!!
“O objetivo de um ano novo não é que nós deveríamos ter um ano novo. É que nós deveríamos ter uma alma nova.”(G. K. Chesterton)
cheirinhos
Rudy
1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

Marta Izabel disse...

Oi,Alê e Mari!
Nossa quantos livros maravilhosos!! Também estou doida para ler Anna Kariênina, e fiquei bem interessada em conhecer também Me chame pelo seu nome.
Bjoss

Nessa disse...

Oi ALê e Mari
Eu ainda não li nenhum dos livros citados, mas achei todos interessantes. Faz tempo que eu quero ler O garoto no convés.

Beijinhos
https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Click Literário disse...

Oi! Quero ler Anna Kariênina também, a premissa parece ser muito boa. Espero que consiga ler. Bjos <3

Click Literário

Eliza Alvernaz disse...

Oi, gente!
Eu sou louca pra ler Anna Kariênina e fico protelando por pura falta de vergonha na cara, confesso. Já estive para lê-lo várias vezes e sempre adio.
Esse filme "Me chame pelo seu nome" está super falado por conta dos festivais, né!? Acho que é praticamente certo mesmo a indicação para o Oscar. Quero tentar vê-lo ainda esse mês. A temática me interessa muito e um amigo disse que eu devo gostar muito pela delicadeza do roteiro. Depois conto o que eu achei!
Beijão

http://www.aquelaepifania.com.br

Giulianna Santicioli disse...

Ainda não conhecia nenhum desses livros, espero que consigam lê-los e que não se decepcionem com os mesmos, da lista fiquei curiosa com O Garoto no Convés, até hoje só li um livro do autor, mas você tem falado tão bem que quero ver se é mesmo tão bom assim.
Beijos!

julia campanha disse...

O meu mais esperado de 2018 é o 3º volume de Os artifícios das trevas.

Alison de Jesus disse...

Olá, também tenho interesse em ler ANNA KARIÊNINA, pois a obra faz uma paralelo com o contexto histórico da Rússia, o que me chamou bastante atenção. Beijos.

Lara Caroline disse...

Oi pessoal, tudo bem?
Tenho vontade de ler O Garoto no convés, aliás, todos os livros do John Boyne, porque O Menino do Pijama Listrado é meu favorito da vida.
Beijos

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger