domingo, 16 de fevereiro de 2020

RESENHA: Seres Mágicos e Histórias Sombrias

Seres Mágicos e Histórias Sombria / Neil Gaiman e Al Sarrantonio / Darkside Books
O que aconteceu depois?” É com essa pergunta de criança, que todas as boas histórias carregam em si para atiçar seus leitores a virar mais uma página, que Neil Gaiman nos lembra do que realmente importa em uma história. Deixando de lado rótulos de gênero e as limitações que eles podem trazer a todos os envolvidos na leitura (seja o autor ou o leitor), Gaiman se une a Al Sarrantonio (autor e editor de antologias) para compilar uma coletânea na qual o tema central é, simplesmente, uma boa história.

“Seres Mágicos e Histórias Sombrias” é uma coletânea bastante diversificada. Não à toa conta com nomes conhecidos do terror, da fantasia e também do policial. Entre eles os que mais me chamaram a atenção foram Joyce Carol Oates, Peter Straub, Chuck Palahniuk (todos autores que sempre tive curiosidade de ler, mas que até então não havia feito), Jeffery Deaver e Lawrence Block (autores com quem já tive boas experiências anteriores).

Por se tratarem de temáticas diferentes, desenvolvidas por autores diferentes, é difícil encontrar um fio condutor nesta coletânea. Em “Seres Mágicos e Histórias Sombrias” temos de tudo. Um homem que, de uma hora para outra, passa a sentir um desejo incontrolável de beber sangue (no, surpreendentemente, envolvente “Sangue”, de Roddy Doyle, conto que abre a antologia); um matador de aluguel (em “Descrença”, de Michael Marshal Smith); um homem que volta da guerra para reencontrar seu filho e sua esposa com menos saudades dele do que ele esperava (em “As estrelas estão caindo”, de Joe R. Landsdale), uma mulher que perde sua vida real ao virar musa de um namorado escritor (em “Uma vida em ficção”, de Kat Howard) e até uma perigosa escadaria que pode levar ao inferno (em “O diabo na escada”, de Joe Hill, cuja diagramação é totalmente inusitada, dando um ritmo bastante diferente à leitura).

“E um esforço desesperado para ficar vivo dava direito a alguém viver?” (Pegar e Soltar, Lawrence Block, p.185)

Para mim, os contos mais envolventes foram “Perdedor” (de Chuck Palahniuk), que em menos de dez páginas de uma narrativa intensa e ligeiramente incômoda me deixou curiosa para conferir outras obras do autor; e “Pegar e Soltar” (de Lawrence Block), um conto essencialmente de suspense sobre um homem adepto da técnica de “pegar e soltar”, embora não pratique isso apenas com peixes, mas também com mulheres, freando seus impulsos de matá-las. A maneira direta, limpa e controlada de Block conduzir a história me deixou com saudades dos tempos em que eu lia as aventuras do Detetive Matthew Scudder, principal personagem do autor.


Em “Seres Mágicos e Histórias Sombrias” Gaiman e Sarrantonio propõem que a percepção de fantástico nada mais é do que lançar uma nova luz em direção àquilo que já conhecemos, nos fazendo ver o conhecido com outros olhos. Falsos gurus, gêmeos de relacionamentos complicados, famílias enlutadas. Tudo vale desde que em algum momento o leitor sinta a vontade de dizer aquelas quatro palavras que são as que realmente dão o tom de mágica a uma história: “O que aconteceu depois?”

Título: Seres Mágicos e Histórias Sombrias
Organizadores: Neil Gaiman e Al Sarrantonio
N° de páginas: 445
Editora: Darkside Books
Exemplar cedido pela editora

8 comentários:

Rubro Rosa disse...

Eu ainda fico de queixo com algum livro da DarkSide! O capricho da Editora nas capas e diagramação são impecáveis.
Ainda não li este livro,mas já li algumas coisas positivas e também negativas a respeito da obra.
Eu amo contos, ainda mais de terror e espero de coração, poder conferir essa obra o quanto antes!
beijo

Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

Gabriela CZ disse...

Tenho curiosidade de ler esse livro, Mari. E agora que tem seu aval com certeza lerei. Ótima resenha.

Beijos!

Luana Martins disse...

Oi, Mari
Assim que vi o lançamento do livro eu fiquei de boca aberta com essa capa. Sendo um livro da Darkside podemos esperar que seja lindíssimo!
Sua resenha foi a primeira que li, e claro que vai para a lista de desejos.
Obrigada pela indicação, estou com muita curiosidade para ler.
Beijos

Elizete Silva disse...

Olá! Esse é um livro que com certeza vai para a minha lista de desejados, não só pela oportunidade de conhecer a escrita de vários autores que tenho bastante curiosidade em ler, mas também pelo formato, acredito que os contos são uma ótima maneira de conhecer novos autores e gêneros e também de fazer leituras mais rápidas.

Giovanna Talamini disse...

Olá!
Esse livro da Darkside está lindo demais (novidade?)!
Adoro livros com histórias de vários autores diferentes, é a nossa chance de conhecer novos mundos com um único livro (economizando tempo e dinheiro).

RUDYNALVA disse...

Maari!
Sou fascinada por contos e ver que aqui foram reunidas várias temáticas de estilos diferentes, deve ser um daqueles livros que não dá para largar quando se começa a ler.
E ainda tem essa edição da Darkside, né?
cheirinhos
Rudy

عبده العمراوى disse...



شركة تنظيف موكيت وسجاد بعنك
شركة تنظيف كنب ومجالس بعنك
شركة تنظيف بالخفجى
شركة تنظيف منازل بعنك

Unknown disse...

Wow! this is Amazing! Do you know your hidden name meaning ? Scratch here to find your hidden name meaning …████████████████████████████████████████████████████████████████████████████████████████████████

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger