quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

RESENHA: Livraria Limítrofe

"Talvez porque, nessa fase de sua vida, ela tenha deixado de se imaginar participando das aventuras lidas. Chegou a um ponto no qual se tornou somente uma espectadora, assistindo de um camarote privilegiado o desenrolar das tramas nas vidas dos outros. Seria ali onde a literatura havia perdido a magia de fazê-la sonhar?" (MEDEIROS, 2011, p. 79/80).

***

Estava a navegar pelo site da Editora Estronho quando esbarrei neste livro. O título e a “capa” me chamaram atenção. Fui ler a sinopse e imediatamente fui conquistado pela premissa do livro. Não é preciso ser um Sherlock Holmes para imaginar que, alguns minutos depois, já estava fazendo o pedido do livro.

Antes de mais nada, esclareço: é “capa”, entre aspas, mesmo. Isto porque a imagem que você vê é folha de rosto do livro, deixando à mostra a costura/colagem do miolo. Admito que li o livro com o dobro de cuidado, temendo estragá-lo. Se você não entendeu minhas explicações, sugiro que acesse a página do livro no site da Editora Estronho e veja as fotos.

Já que estamos no assunto, aproveito para acrescentar que a diagramação do livro é simplesmente impecável. Assim, tanto a “capa”, quanto a diagramação, deram ao livro um ar muito galante, e que combinou bastante com a proposta da estória.

Agora você deve estar se perguntando qual é a proposta da estória, certo? Então vamos a ela:

Imagine um lugar onde todas as suas fantasias literárias podem se tornar realidade. Imagine um local em que os cenários que são pano de fundo das estórias que você mais admira se materializam instantaneamente, na velocidade de um pensamento. Imagine um lugar em que você pode conversar por horas a fio com seu personagem favorito ou até mesmo com o escritor que mais ocupa espaço em sua estante.

Se você fez este breve exercício mental, lhe respondo que o local que você está imaginando é a Livraria Limítrofe. No livro, após uma breve introdução à livraria, acompanhamos os relatos de inúmeras pessoas que tiveram a oportunidade (ou devo dizer privilégio?) de entrarem nesta mágica livraria.

São estórias inusitadas, engraçadas, e até mesmo reflexivas, que trazem como palco as obras de algum escritor, podendo contar, inclusive, com a sua ilustre presença ou a de seus personagens. Mas, veja bem, você terá que descobrir quem é o homenageado pelas referências mencionadas, o que torna a leitura muito instigante.

Além da qualidade da narrativa, que é leve e com boa fluidez, merecem destaque a criatividade e a originalidade do autor, que conseguiu mesclar suas próprias idéias ao contexto das obras homenageadas com maestria.

Impossível ler e não dar boas gargalhadas. Impossível ler e não se identificar com algumas das estórias contadas.

Por fim, não poderia deixar de escolher os melhores capítulos: “O senhor da má educação” e“Lapso criativo”. Tiro o chapéu e aplaudo de pé.

A boa notícia é que, de acordo com o site da Editora, devemos aguardar o segundo volume deLivraria Limítrofe ainda para este ano.

Se você ficou curioso, leia a degustação do livro, disponível no site da Editora Estronho.

Título: Livraria Limítrofe: O Adeus
Autor: Alfer Medeiros
N.º de páginas: 190
Editora: Estronho

Comente e participe da Promoção 150 seguidores.

5 comentários:

Nosso Clube do Livro disse...

Gostei e fiquei curiosa para ler, na verdade tenho curiosidade em ler quase tudo dessa editora, sou daquelas pessoas que são apaixonadas por Literatura Fantástica.

Muito bom mesmo.

Beijo,

Ana Caroline
http://nossocdl.blogspot.com/

M. D. Amado disse...

Obrigado pela resenha. Ficamos felizes em saber que curtiu a nossa "não-capa" rs... E pode ficar tranquilo, pq é resistente ;-)

Celly Borges disse...

O autor já está escrevendo o 2º e logo teremos novidades ^.^

Obrigada pela resenha.

Celly.

Alexandre Koenig de Freitas disse...

Ana: se vc gosta do genêro,o livro é uma ótima opção!

M.D.: acho que faltou mencionar na resenha que sou mto neurótico com meus livros. Se já tenho medo de estragar um livro com capa, imagine um sem capa rs...

Celly: ótimo saber... Estaremos acompanhando o site da editora para saber das novidades.

Priscilla Faustino disse...

Tive que entrar no site da editora pra ver isso, como assim o livro não tem capa?...rs.
Achei super interessante, e é bem diferente! Fiquei com muita vontade de ler... (vou comprar assim que puder).

Bjinho,
pirigueteliteraria.blogspot.com

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger