sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Retrospectiva Literária 2012: Lista da Mari

Depois de superar alguns problemas técnicos, finalmente posso compartilhar com vocês as minhas melhores leituras de 2012. E que bom rever a minha lista de leituras do ano e constatar que o saldo dela é positivo. No geral, esse foi um ano de boas leituras e de descoberta de ótimos autores dos quais lerei sem medo todos os títulos que passarem pela minha frente (como exemplo cito Lawrence Block e Tom Rob Smith). Esse também foi um ano de muitas (boas) surpresas literárias e é uma grande surpresa para mim constatar o quanto isso se refletiu nesta seleção. Então, sem mais delongas a lista das minhas 5 melhores leituras do ano.

Em quinto lugar: Belo Desastre - Jamie McGuire

Inicio a minha lista com o livro ame-ou-odeie (impossível ficar indiferente a ele) de Jamie McGuire. A princípio eu não pretendia incluir “Belo Desastre” nessa lista (e sim "Criança 44"), mas a verdade é que poucos livros já ficaram tão grudados na minha cabeça (mesmo nos momentos em que eu não estava lendo e até depois de ter passado da última página), como “Belo Desastre”. A história de Abby e Travis é intensa e explosiva.



Em quarto lugar: A Casa das Sete Mulheres – Letícia Wierzchowski

Apesar de todos os elogios recebidos e de achar a premissa do livro interessante, eu nunca havia sentido vontade (vontade mesmo) de ler “A Casa das Sete Mulheres”. Era mais um daqueles livros que se um dia eu lesse, eu teria lido, mas se não lesse, não teria feito falta. Como ele foi entregue nas minhas mãos (literalmente) resolvi dar uma chance e adorei cada minuto. Letícia é uma autora habilidosíssima e nos conta uma história que poderia ser enfadonha e confusa, devido aos muitos personagens, com maestria e na dosagem certa para nos fazer quase sentir parte daquela família. Maravilhoso.

Em terceiro lugar: O Poeta – Michael Connelly

Curiosamente, há apenas um livro policial nesta lista e não é qualquer policial: é um dos melhores livros que já li do gênero na vida! “O Poeta” só não é perfeito porque seu final deixa muito a desejar, mas a jornada pela qual ele nos leva é tão impecável para os padrões de um livro policial, que isso é facilmente perdoado. Eu já havia lido alguns livros de Michael Connelly antes e já gostava muito do autor, mas foi com “O Poeta” que ele me ganhou de vez.

 
Em segundo lugar: A Culpa é das Estrelas – John Green

Você quer saber o que me despertou vontade de ler “A Culpa é das Estrelas”? Pensa que foi o título? Não foi. A sinopse? Também não. O nome do autor? Não. Os (muitos, muitos) elogios da blogosfera? Não. Então o quê? Nada! Absolutamente nada. E de alguma forma “A Culpa é das Estrelas” conseguiu sair do patamar “eu não tenho a menor vontade de ler esse livro” e chegar ao “impossível deixar de incluir esse livro na minha lista de melhores do ano” Como John Green conseguiu uma coisa dessas? Eu não sei. O que sei é que me dispus a ler o livro e adorei! Uma história linda e tocante, triste sim, mas contada de forma doce e até mesmo alegre. Impossível não se apaixonar. Recomendado para todos os leitores, fãs de todos os gêneros.
Em primeiro lugar: A Sombra do Vento – Carlos Ruiz Zafón

Vou resumir o máximo possível, antes que eu comece a suspirar e me derreter em elogios para Zafón, e dizer simplesmente o seguinte: “A Sombra do Vento” é inesquecível. Eu desafio qualquer pessoa a ler esse livro e não se apaixonar pelo autor e não querer ler qualquer coisa assinada por ele. Amor, amizade, mistério...você encontra um pouco de tudo nessa história envolvente e belissimamente escrita. Com um livro assim tão perfeito, pequenas decepções vindas do autor (por decepções entenda “O Jogo do Anjo”, também lido esse ano – resenha em breve) são perdoáveis.

Menção honrosa: Noite Sem Fim – Agatha Christie

Não dava para encerrar a minha lista de melhores do ano sem incluir minha autora preferida. Como também era sacanagem compara-la aos demais, decidi fazer uma espécie de categoria especial “Melhor livro da Agatha Christie do ano”. Foram quatro lidos no total (Puxa! Foram poucos. Agora fiquei triste. Para 2013, serão mais. Me cobrem) e “Noite Sem Fim” merece o destaque. Estava ali - na minha cara - o tempo todo e eu, com os meus tolos palpites, não vi. Claro que eu não vi. Agatha sua malandra!







11 comentários:

Francielle Lima disse...

A sombra do vento é tanto assim?
Passei a virada do ano lendo Belo Desastre e quando vi tinha acabado a leitura e nem vi os fogos o.O"
Enfim, achei seu 5 mais bem interessante e vou incluir alguns na minha leitura 2013, principalmente A sombra do vento ;]
Agatha sempre é assim, nunca é quem é.

Aione Simões disse...

Mari, é impossível ser indiferente à Belo Desastre, fato!!
Eu dei risada com seus comentários iniciais sobre A Culpa É Das Estrelas!
E eu PRECISO ler algo do Zafón esse ano. Eu tenho Marina aqui, mas sou doida mesmo é pra ler essa trilogia dele!
E, sério, você e o Alê estão tornando uma necessidade pra mim ler algo do Michael Connely!
Beijos!

Daiane Carvalho disse...

Estou pensando seriamente em por Belo Desastre na listinha de 2013.
John Green é claro, não poderia ter ficado para trás, adorei os comentários, rsrs.
Também tenho Marina do Zafón, mas nunca consigo ler, sempre passo outros livros na frente. Esse ano eu ainda lei, eu preciso!
GFC - Daiane Carvalho

Beijos, Dai :*

Gênesis 4:7 disse...

O único que definitivamente nunca me despertou interesse é "A culpa é das estrelas" por incrível que pareça uhahuahuahuahu :P
Embora eu nunca tenha visto falar dos demais que eu me lembre, "A sombra do vento" pode ser uma boa leitura a se investir, pelo o que pude perceber na sua escrita a respeito dele.

barbara disse...

estou com muita vontade de ler esse livro, já ouvi coisas otimas sobre ele, sem duvida vou ler ele esse ano

Virginia de Oliveira disse...

A culpa é das estrelas e A sombra do vento são livros maravilhosos, tenho também uma relação de amor e ódio pelo livro Belo desastre.

Cissa Martins disse...

A culpa é das estrelas é realmente maravilhoso. Eu estava com medo de não gostar do livro, por que a expectativa tava alta (já que eu estava vendo muita gente comentando que o livro era ótimo e etc) mas aí no final das contas o livro tinha mesmo essa bola toda, eu chorei e sorri, e quando eu acabei de ler ainda fiquei mais meia hora abraçando o livro e lembrando de tudo o que eu tinha acabado de 'devorar'... ainda tenho vontade de ler o 'Belo desastre', não tive a oportunidade de comprá-lo no ano passado, mas tá na minha listinha de livros que eu vou ler em 2013… assim espero!!
Cissa Martins

Thaynara ribeiro disse...

Quero muito ler Belo Desastre e A culpa é das estrelas. Belo desastre estou ansiosa pra ler e amar. . .ou não!!!!

Nardonio disse...

Realmente é uma lista de respeito. Dos citados, só tenho "A Culpa é das Estrelas", mas ainda não o li. Está na minha lista de próximas leituras. E o Zafón está na minha lista de futuras aquisições.

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

Mey disse...

EStou louca para ler Belo desastre, mas como só leio uma serie qdo tenho todos os livros, vou deixar p depois...ACEDE, gostei, mas achei que seria mto melhor, acho que coloquei expectativas demais e tals...A Sombra do Vento é um livro belissimo mesmo, eu amei! Li A Casa das Sete Mulheres que foi mto bom. Os outros ainda n tive a a oportunidade de ler. Bjkss

Mey disse...

Meyre Christina

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger