domingo, 8 de dezembro de 2013

RESENHA: The Edge of Always

“Nós realmente vivemos nossa vida da forma que queríamos, e não do jeito que o mundo esperava que a vivêssemos. Nos arriscamos, escolhemos caminhos inconvencionais, não deixamos que as opiniões dos outros ficassem no caminho dos nossos sonhos, e nos recusamos a nos acomodar, fazendo por muito tempo algo que não gostávamos.” (REDMESKI, 2013, p. 281 – tradução livre)

***

Após a leitura do surpreendente Entre o Agora e o Nunca, fiquei bastante empolgado quando descobri que J. A. Redmerski preparava uma continuação para a inusitada estória de Camryn e Andrew. Infelizmente, o segundo livro não alcançou o patamar do primeiro.

Atenção: pode conter spoilers sobre Entre o Agora e o Nunca.

Uma repentina tragédia coloca o relacionamento de Andrew e Camryn a prova, e juntos eles terão de lidar com as feridas que precisam ser curadas. Sem pensar duas vezes, eles caem na estrada, prontos para enfrentar qualquer desafio que o futuro lhes apresente.

Como mencionei na resenha, a obra anterior não reinventou o mundo da literatura, mas por tragar o leitor em sua estória envolvente, clichês são deixados de lado. Afinal, que importância eles têm, se a estória flui com naturalidade e mantém a atenção do leitor?

Infelizmente, The Edge of Always não merece ser tratado com tamanha indulgência. Além de um início previsível, o desenvolver da trama é lento e cansativo, contando com páginas e mais páginas que pareciam não levar nada a lugar nenhum. Fiquei com a impressão que a autora perdeu a mão, descrevendo tudo de forma exagerada e criando eventos desnecessários e entediantes.

O final, no entanto, ganha uma injeção de ânimo e abandona toda a monotonia que o precedeu. Voltamos a encontrar a velha e boa forma de J.A. Redermeski, que criou um desfecho digno e emocionante para a estória de personagens tão cativantes.

Mais uma vez a narrativa é feita em primeira pessoa, alternando entre os pontos de vista de Camryn e Andrew, permitindo que o leitor saiba exatamente o que os protagonistas estão pensando ou sentido. Apesar de ser uma abordagem ousada, cada narrador possui uma "voz" bem marcante, o que impede qualquer confusão. 

O ponto alto da obra é a crítica a uma sociedade que conta com altas expectativas sobre os jovens, que abrem mão de seus sonhos para viver uma vida que não escolheram. Ler as aventuras de Camryn e Andrew, e vê-los ousar fazer o que bem entenderem, sem se preocupar com opiniões alheias, é libertador.

Para quem gostou de Entre o Agora e o Nunca, e ficou na curiosidade de saber qual será o rumo deste casal tão apaixonante, a leitura é mais do que válida. Mas tente reduzir suas expectativas.

The Edge of Always será lançado no Brasil pela Editora Suma de Letras em abril de 2014. 

Título: The Edge of Always (ebook cedido através do Net Galley)
Autora: J. A. Redmeski
N.º de páginas: 288
Editora: Forever

11 comentários:

Amanda T. disse...

Ok, expectativas reduzidas. Claro que ainda quero ler, mas o bom de ler resenhas é saber o que esperar e evitar decepções. Adorei a sua!

Um beijo
http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

Gabriela Cerutti Zimmermann disse...

Eu não sei se eu leria essa série porque o primeiro livro já não me chamou atenção. Mas como sempre uma ótima resenha.

Abraço!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

D e s s a disse...

Ainda não li Entre o agora e o nunca. :/ Por isso resolvi não ler a resenha desse. :~
Já vi falarem muito bem do livro, espero ler logo.
beijos
apenas-um-vicio.blogspot.com.br

Érick Vinícius disse...

Adorei a resenha, e a capa é fantástica.
Parabéns pelo sucesso do blog.
Abraço, www.likelivros.blogspot.com

Helana O'hara disse...

Olha só!
Muito interessante autora escrever uma continuação de Entre Agora e o Nunca. Ás vezes alguns livros pedem continuações.
Acho interesse ressaltar que criticas a sociedade (como você mencionou) são muitos válidas. Precisamos de mais livros assim!


Beijinhos
www.intheskyblog.blogspot.com.br

Thaís M. disse...

Olá! Quando os livros começam em ritmo lento, quando as páginas parecem não levar a lugar nenhum desanimo totalmente! Passo a ler menos, poucas páginas por dia, enrolando até que venha a parte mais interessante!
O bom da sua resenha é saber o que se pode esperar do livro para não idealizar falsas expectativas!
Parabéns pela resenha! Um Beijo

Adriana disse...

Ok! Eu adorei Entre o Agora e o nunca, então vou ler esse segundo livro com algumas ressalvas pra não me decepcionar, o bom é que a autora consegue tomar as rédeas de novo, antes do final desse segundo livro né, senão teria sido um desastre total. Parabéns pela resenha e obrigada por nos alertar sobre expectativas em relação a leitura, bjão!
Adriana

Luana Almeida disse...

Eu adorei Entre o agora e o nunca! Mal posso esperar para ler a continuação. Pena saber que o 2º livro não é bom como o 1º, mas mesmo assim vou ler. Tomara que a editora mantenha a capa original como manteve com o 1º livro...

Rossana Batista disse...

Eu nem sabia que existiam esses livros, mooorta de vergonha :x
Vou dar uma olhadinha na resenha do primeiro livro, mas se for depender dessa resenha, eu já me empolguei com a história (:

Roberta Moraes disse...

Só eu que achei que esse na capa parece com o Zac Efron? kkkkkk
Adorei a temática desse livro e saber que ele é escrito em primeira pessoa, já que eu adoro livros assim. Fiquei bastante curiosa para começar a ler a série.

Nardonio disse...

Como ainda não li o "Entre o Agora e o Nunca", preferi pular para o último parágrafo dessa resenha, pois tive receio de ler algum spoiler. Uma pena que esse segundo volume não foi tão bom quanto o primeiro. Mas isso é até normal mesmo. Os segundos volumes sempre sofrem essa queda. Pelo menos não é ruim ao extremo, né?!?!

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger