terça-feira, 30 de junho de 2015

RESENHA: O Iluminado

“Todo hotel tem seus fantasmas? O Overlook tinha uma assembleia deles.” (KING, 2012, p. 180)

***

Nos idos de 2008, estava lendo O Iluminado, e acabei assistindo a adaptação antes de encerrar a leitura. E depois de um final tão confuso, acabei desistindo do livro. Foi apenas em 2012 que resolvi conferir outro livro de King e com Sob a Redoma me tornei seu fã. Desde então, li outros livros do autor, mas os que tendiam para o terror não me assustaram. Assim, decidido a sentir medo lendo algum livro do Mestre do Terror, percebi que era chegada a hora de dar uma segunda chance para O Iluminado.

Jack Torrance é um ex-alcoólatra que luta para manter-se sóbrio depois de ter sido demitido de seu último emprego. Quando ele consegue o cargo de zelador no Hotel Overlook, os Torrance imaginam que todos os seus problemas irão ficar para trás. Porém, antes mesmo de embarcarem rumo ao hotel, Danny, o filho de Jack, já sabe que o Overlook possui uma aura maligna. Isso por que ele é uma criança iluminada, com poderes sobrenaturais, que serão postos a prova pelo hotel. 

O Iluminado deixa claro que King usa de elementos sobrenaturais para criar conflitos e trazer a pior faceta do ser humano à tona. Ou seja, o sobrenatural, embora tenha um peso na estória, não é o foco dela, mas sim as reações que tais elementos causam na vida daquelas pessoas. 

Jack Torrance é um personagem brilhante. O professor aspirante a escritor, culto, talentoso, bem educado. O pai adorado que fica horrorizado ao perceber o que a bebida está fazendo com sua família e luta para abandonar o vício. Jack não é intrinsecamente mal, mas as forças malignas do Hotel Overlook despertam o que há de pior nele. Ainda assim, Jack é profundamente humano e sua humanidade pode ser vista mesmo nos piores momentos. 

E se Jack é um ótimo personagem, o que falar de Danny? Uma criança com estranhas habilidades, que percebe o poder maléfico do hotel sobre seu pai, e que tenta de todas as formas impedir que Jack sucumba àquelas forças. Danny é um personagem tão complexo que imagino que o próprio King deve ter se questionado por anos o que teria acontecido com aquele garotinho. 

O Iluminado é o tipo de livro que assusta muito mais por causa do terror psicológico, do que por causa dos elementos sobrenaturais. A estória de Jack e a forma como ele paulatinamente caminha para o lado negro ao longo da trama é um dos pontos mais interessantes da obra e, a meu ver, muito mais assustador do que a própria estória do hotel. 

E quanto a pergunta que não quer calar: senti medo? O Iluminado é, de longe, um dos livros de King que mais me deixou tenso, pois o vínculo entre o leitor e Danny é tão grande que é fácil sentir o clima pesado sair das páginas do livro. Apesar de conter algumas cenas em que o coração bateu mais rápido, devo admitir que não senti necessidade de guardar o livro no freezer em nenhum momento (entendedores entenderão. Caso contrário, clique aqui). 

Para quem já conhece o trabalho do King, sabe que sua narrativa tem o poder de inserir o leitor completamente na estória. A trama é linear e não conta com grandes reviravoltas ou surpresas, o que me pareceu uma decisão acertada, visto que o cerne da estória é a evolução e a luta daqueles personagens. Mas é preciso dar destaque para o desfecho, repleto de ação, tensão e adrenalina. 

O saldo final foi positivo e me arrependo de não ter lido O Iluminado até o final por causa da minha experiência com o filme. Apesar de ter gostado, não considero que esta seja a melhor obra de sua autoria, mas um bom livro. E confesso que estou curioso para conferir Doutor Sono exclusivamente por causa de Danny, um dos melhores personagens criado por King. 

Após a leitura, resolvi rever a adaptação dirigida por Stanley Kubrick. E apesar do filme não ter sido aprovado por King, ainda reputo-o como um dos melhores filmes de terror que já assisti. Porém, se comparado com o livro, fiquei incomodado ao ver que a complexidade de Jack Torrance se perdeu, sendo que sua evolução é muito abrupta (o que, até certo ponto, é justificável considerando a limitação de tempo imposta por este formato). E, mais uma vez, não compreendi o final ambíguo e confuso proposto por Kubrick.

Título: O Iluminado
Autor: Stephen King
N.º de páginas: 463
Editora: Suma de Letra

25 comentários:

rafaela disse...

Eu não gosto muito de livros de terror, mas amo todos os livros do King. E já sou louca pra ler esse livro, fiquei com mais vontade ainda de ler agora. Eu ainda não assisti nem o filme, mas só vou assistir depois de ler o livro haha
Só espero ler ele logo *-*
Beijos!

rafaela disse...

Eu não gosto muito de livros de terror, mas amo todos os livros do King. E já sou louca pra ler esse livro, fiquei com mais vontade ainda de ler agora. Eu ainda não assisti nem o filme, mas só vou assistir depois de ler o livro haha
Só espero ler ele logo *-*
Beijos!

Raissa Ferreira disse...

AMEI A RESENHA! terror <3
tenho que ler@@@@
gostei muito
http://unhas-e-livros.blogspot.com/

Bianca Sampaio disse...

Oi Alê!
Acredita que nunca li nada do Stephen King? Na verdade, nunca li nada do gênero terror, mas tenho curiosidade de ler os livros de King, só não sei por onde começar.

Beijos,
Epílogos e Finais

Mandy disse...

Ainda não li nada do Stephen King mas adoro todos os filmes, espero poder ler logo. Sempre falei que quando eu fosse ler O Iluminado iria colocar no freezer só porque o Joey é meu favorito HSUAHSUH
Tem resenha de "Como Eu Era Antes de Você" lá no Sétima se quiser conferir,
Beijoos,
Sétima Onda Literária

Mirian Viegas disse...

Olá!
Nunca li nenhum livro do Stephen King, mas já li resenhas de suas obras.
Por mais que sejam elogiadas, não tenho muito interesse de ler seus livros, porque não gosto de livros de terror.
A resenha ficou bem legal, os personagens pareceram interessantes e suas personalidades foram bem aprofundadas.

Juliara Vasconcelos disse...

Tenho muita vontade de ler esse livro, principalmente por estar buscando ler mais livros do gênero.
Até que eu curti bastante a adaptação de Kubrick, mas sou suspeita para falar, eu tenho um tombo pelos filmes dele.

Zona de Conspiração | Facebook da Zona

Maurilei Teodoro disse...

Alê, eu gostei de O Iluminado, mas confesso que gostei ainda mais de Doutor Sono pelo diferencial dos vilões muito criativos criados pelo King.

bomlivro1811.blogspot.com.br

Desbravadores de Livros disse...

Olá, Alê. Tudo bem?
Eu gosto dos livros do King, mas ele não me deixa com medo nunca. Fico apreensivo, mas não com medo. Aliás, nunca li um livro que tenha me deixado com medo.
Esse livro dele, em especial, ainda não. Mas pretendo ler por causa desse foco mais no lado psicológico do que no sobrenatural.
Excelente resenha.

Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

Diane disse...

Olá ...
Não curto muito livros de terror , então , creio que não lerei esse livro .
Mas , acho que vou indicá-lo para alguns amigos ;)

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Marco Antonio Marco Antonio Sousa da Silva disse...

Olá Alê,

Não li nada do autora ainda, mas tenho muita vontade e curiosidade, vi o filme na época, achei muito bom e enorme....kkkk...espero ler alguma obra do autor um dia.....abraço.

http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

Gabriela CZ disse...

Como semana passada li Carrie posso dizer que agora entendo melhor o que você sempre diz sobre King usar o sobrenatural (ou situação anormal) para trazer o que há de pior no ser humano, Alê. [rs] Também não senti medo, mas a tensão vivida por aqueles personagens. E foi isso que achei brilhante. Com certeza quero ler outros livros de King, e O Iluminado que já estava na lista ganhou pontos extras com seus comentários. Ótima resenha.

Abraço!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Maisanara F. disse...

Quero muito ler algum livro do Stephen King! Amo livros de terror e esse é um dos que mais quero ler dele, acho que vou gostar muito. Fiquei bem curiosa para saber de tudo que acontece nesse livro! Espero conseguir ler logo.

Rafaela. disse...

Oi, Alê!

Assisti "O Iluminado" quando era criança e, por isso, não me lembro muito da história. Porém, sempre tive curiosidade em ler os livros do Stephen King. Aliás, não sei porquê ainda não fiz isso.
Adoro acompanhar estas mudanças paulatinas dos protagonistas e o Jack parece ser um personagem muito bom, assim como o Danny - especialmente por ser criança, acho que o grau de complexidade é ainda maior nesse caso.
Ótima resenha! Quero ler esse livro para ontem.

Beijocas.
http://artesaliteraria.blogspot.com.br

Ágatha Kripke disse...

Oiee,
O iluminado é um bom livro eu gostei, mas confesso que não foi o melhor que li kkk
Eu te indiquei em uma TAG no Screepeer e gostaria muito que passasse por lá ;p
Beijinhos Screepeer
http://screepeer.blogspot.com.br/2015/07/tag-liebster-award.html

Luis Carlos disse...

É ótimo quando você ler um livro de terror e ver que o seu psicológico fica louco, e assim acaba fazendo com que você leia o livro do início ao fim! Stephen King arrasa mesmo! Ainda não li esse livro, mas espero lê-lo em breve. Adorei a resenha!

Jessica Andrade disse...

Olá,
Ainda não li nada do Stephen King pois sou meio medrosa rsrs.
Mas eu adorei a resenha, parece ser um livro muito bom, mas se for pra começar algo do King acho que vou pegar primeiro Carrie a Estranha e depois eu pego esse.
até mais!
http://diarioelivros.blogspot.com.br/

Bruna Aguiar disse...

Reconheço que é um clássico, meu marido e meu pai adoraram, mas não faz muito meu estilo! Livros de terror não são minha praia haha Beijos

www.chezb.com.br

Cabine de Leitura disse...

Olá Alê;

Eu vi o filme quando tinha 9 anos, então já imagina o resultado! Dormi na cama da minha mãe uns 2 dias rsrsrs, mas só tive a oportunidade de ler o livro quando tinha 16 anos e o resultado foi dormir de luz acesa por dias rsrsrsrs.
Sério mesmo, eu sou muito medrosa e o livro é muitoooo detalhista e a imaginação é traiçoeira. Enfim, eu gostei muito e sua resenha me deu um gostinho de preciso reler.

Beijos e até mais.
http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-penultimo-capitulo.html#more

Ariane Reis. disse...

Oie Ale =)

Já comentei aqui, que não leio nada do Stephen King por que tenho medo da temática que ele aborda rs...
Imagina se eu ler esse livro vou ficar dias sem dormir rs...
Ótima resenha!

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary

Sil disse...

Oi, Alê.
Para falar a verdade eu li esse livro tem uns 25 anos e não me lembro muito bem dos detalhes do livro. Só sei que fiquei com muito medo. Do filme também, até hoje tenho medo do Jack Nicholson hehe. Não sabia que o filme não tinha sido aprovado pelo autor. mas também tem umas adaptações que são aprovadas tipo Sob a redoma que não tem nada a ver com o livro.

Blog Prefácio

Dan Igor disse...

Oi, Alê!! \o/
Quero muito ler esse livro do King, parece ser ótimo. Adoro terror *-* Esse cara é um gênio mesmo, não é?! Assisti vários filmes inspirados em livros dele e quero mto ler os livros. ^^
Abraços :)

bookdan.blogspot.com

Livy disse...

Oi, Alê.

Olha, eu sou muito suspeita para falar de Stephen King pois sou fã assumida e viciada!
Li vários livros dele, e O Iluminado figura entre os meus favoritos... ainda mais que foi o primeiro livro dele que li <3
Eu simplesmente amo! E adorei sua resenha, expôs bem o que o livro traz.
Eu também acho que o filme é um dos melhores do gênero terror feitos até hoje, mas concordo que deixa muito a desejar em se tratando de adaptação.
Como você disse se perdeu muito da personalidade e complexidade de Jack =/ Entre outras coisinhas mais.
Eu ainda prefiro, com toda a certeza, o livro do nosso mestre King!

P.S: Leia sim Doutor Sono! É muito bom!

Beijos,
Livy
Nomundodoslivros.com

Nana Barcellos disse...

Oi Alê,
Sou doida pra assistir e ler haha acho que meu pai já assistiu o filme umas 3 vezes.
Ainda não tive experiências de leituras com King, apesar de curtir umas das adaptações.

Acho que começaria por Carrie por ser algo que já conheço mais e espero que o final não seja confuso hahaha

bjs e tenha um ótimo final de semana
Nana - Obsession Valley

Leandro de Lira disse...

Oi, Ale!
Eu adoro o King. Tenho alguns livros dele e sou realmente fã. Quero muito ler "O Iluminado" devido aos diversos comentários a respeito da obra. O King dificilmente gostou de alguma das suas adaptações; quase todas foram desaprovadas por ele. (risos)
Espero não me decepcionar e curtir a obra até mais que você. Achei justo você dar uma segunda chance ao livro. Tenho feito isso ultimamente e tem funcionado.
Parabéns pela resenha!
Abraço!

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.blogspot.com

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger