terça-feira, 27 de setembro de 2011

RESENHA: Princesa de Rua

“Eu não me apaixono por pessoas. Eu me apaixono por frases. Me alimento de palavras. Verdades, incertezas, medos, doçuras e pequenas mentiras.” (MELLO, 2009, p.152)

O leitor encontra um aviso na contracapa do livro “Princesa de Rua” da escritora Fernanda Mello antes mesmo que ele se atreva a iniciar a leitura. “Quer me adorar? A escolha é sua meu amigo, vá em frente!” É um aviso importante, pois escolhendo dar início à leitura, acredite, você vai adorar. Ao final da primeira página, uma pergunta: “O que será que eu reservei para mim?” Impossível prever. E então o leitor arrisca ir a diante e no momento em que lê mais um texto, está perdido.

A leitura de “Princesa de Rua” gera certa contradição. A partir do momento em que você começa ler, não quer largar, mas ao mesmo tempo quer ler bem devagarzinho na esperança de que a leitura dure para sempre. Entre crônicas e poemas, Fernanda Mello nos faz sentir. Nas entrelinhas nos identificamos, sorrimos e nos emocionamos. Às vezes um texto e um sentimento, um de cada vez. Outras vezes tudo ao mesmo tempo em um encontro explosivo de emoções. A meu ver, em essência a princesa de rua é assim mesmo: uma mulher cheia de contradições e encantos. Forte, mas sonhadora. Romântica, mas realista. Que quer ser simples, quando tudo ao seu redor parece ser tão complicado.

Mas não pense que ao ler “Princesa de Rua” você estará lendo um tratado filosófico sobre a alma humana e toda a sua complexidade. Não, ao contrário. Fernanda Mello faz com que tudo nos soe tão familiar que arrisco dizer que é quase impossível ler “Princesa de Rua” e não pensar, pelo menos em algum momento: “Eu poderia ter escrito isso” ou “Parece que ela me conhece e escreveu isso para mim”.

É um texto delicioso que faz o leitor querer repetir a dose. Confesso que li algumas crônicas/poesias tantas vezes que talvez tenha até decorado. Dentre as minhas preferidas estão “all-terno” e “mulher de frases”.

Escrevendo em primeira pessoa e usando sempre de palavras simples, Fernanda Mello se revela uma escritora sensível e intensa, capaz de transformar o cotidiano mais banal na mais bela poesia.

Título: Princesa de Rua
Autora: Fernanda Mello
Nº de páginas: 208
Editora: Neutra

2 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia.
preciso saber onde comprar este livro.
Quero para ler, quero presentear também.
aguardo contato
Marinelson

Mariana Fontana Szewkies disse...

Marinelson
Você pode entrar em contato com a autora através do e-mail fernandamello2006@gmail.com e ela explica para você como fazer para comprar o livro.
Abraço

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger