quinta-feira, 11 de setembro de 2014

RESENHA: O Segredo do Meu Marido

“— Eu sinto tanto — disse John-Paul. Ele estendeu os braços em vão, como se quisesse abraça-la, mas os dois estavam separados por algo vasto demais para ser vencido.” (MORIARTY, 2014, p. 163). 

***

Interessei-me por O Segredo do Meu Marido após constatar que outro livro da autora (Big Little Lies) estava entre os mais vendidos da Amazon americana. Pesquisando um pouco mais, constatei que ambos os livros contavam com inúmeras avaliações positivas, e os elogios que autora recebia pareciam não ter fim. 

Cecília é uma mãe de família e esposa que desejava ter um pouco mais de emoção em sua vida completamente planejada e pacata. Tudo muda quando ela encontra uma carta de seu marido, que deveria ser lida apenas “na ocasião de sua morte”. Por sua vez, Tess descobre que seu marido e sua prima/melhor amiga se apaixonaram, e agora o casamento começa a ruir. Também acompanhamos a vida de Rachel, uma mulher amarga, que não superou a trágica morte da filha.  

O início de O Segredo do Meu Marido é um pouco lento, pois faz-se necessário apresentar as três famílias que compõe a estória. Além disso, fiquei um tanto incomodado pela demora de Cecília em ler a carta, afinal, isto é algo que o leitor sabe desde o início que irá acontecer. Entretanto, tal “demora” não foi criada apenas para aumentar a expectativa, mas sobretudo para preparar o leitor para a cadeia de eventos que está por vir. 

A narrativa de Moriarty é intimista, focando muito mais nas emoções dos personagens e no desenvolvimento psicológico do que na ação. Apesar de ser uma tática arriscada, o livro não perdeu fluidez, tampouco caiu na monotonia, fatores estes que atribuo ao domínio que a autora tinha sobre a estória. O leitor entende perfeitamente o que motiva cada personagem, assim como o porquê de suas reações e sentimentos. 

Como esperado, a guinada da estória acontece quando Cecília decide ler a carta e descobre qual era o segredo que John-Paul desejava levar para o túmulo. A partir deste momento é difícil prever que rumo a estória irá tomar, e o leitor se vê impedido de interromper a leitura. 

Mesmo contando com três núcleos familiares, é interessante notar como Moriarty conseguiu desenvolver os dramas pessoais das protagonistas ao mesmo tempo em que entrelaçava suas estórias de modo sutil, culminando em um desfecho surpreendente. 

A flor despedaçada que estampa a capa é a perfeita metáfora para o livro, pois a vida familiar de Cecília, Rachel e Tess experimenta alguma forma de abalo, de modo que nunca mais serão as mesmas. 

O mote da obra reside em demonstrar o impacto que os segredos podem causar na vida cotidiana e as consequências de ações ou omissões, sendo que a autora soube brincar com tais elementos de forma magistral e convincente até a última página.  

Liane Moriarty surpreendeu ao construir um thriller psicológico enraizado em dramas familiares e não é por acaso que seu nome consta na lista de mais vendidos do The New York Times. Alguma dúvida de que aguardo ansiosamente pelo próximo livro da autora?

Título: O Segredo do Meu Marido (exemplar cedido pela editora)
Autora: Liane Moriarty
N.º de páginas: 364
Editora: Intrínseca

18 comentários:

The Nice Age disse...

Oi Alê!

Quero muito ler esse livro, só tenho lido resenhas positivas e o quanto o livro é surpreendente! Em breve uma das minhas próximas leituras.
Adorei a resenha.

Beijos!

Cintia
http://www.theniceage.blogspot.com.br/

Nardonio disse...

De início, esse livro não me chamou a atenção, pois pensei que a história era completamente diferente do que realmente é. Depois de ler essa resenha, vi que a autora teve completo domínio da trama do começo ao fim, e ainda fez um desfecho surpreendente. Tem como não se interessar?!?!

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom

Natasha disse...

Eu valorizo muito quando uma autora tem capacidade de contar histórias diferentes e depois fazer com que de alguma forma elas se relacionem sem se tornar muito forçado, através da resenha achei o livro interessante, principalmente porque quero saber o que tem nessa bendita carta kkkk!

Vitória Pantielly disse...

Oii Alê :)
Primeira resenha que leio do livro (e adorei), na verdade acabei de conhece-lo.. Achei a história um pouco dramática demais, mas isso não me impediu de deseja-lo ! A Cecília tinha mesmo que desmoronar com essa revelação, não dá pra se manter um casamento saudável depois de descobrir uma coisa assim ..
O mais interessante é o que você mesma citou, a autora conseguiu entrelaçar uma história na outra.. E fiquei curiosa pra saber do total conteúdo da carta !
Beijos :*

Gabriela Cerutti Zimmermann disse...

De início não dei muita bola pra esse livro por achar que se tratava de um chick-lit. Mas depois de ver alguns comentários e descobrir ser um belo drama fiquei curiosa. E você me deixou ansiosa, Alê. Se autora focou tão bem nas emoções dos personagens, preciso ler. Ótima resenha.

Abraço!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Beatriz Arruda disse...

O livro sempre me chamou a atenção devido a capa. Mas nunca parei para ler a sinopse ou conhecer a história, até ler a sua resenha. Gostei muito mesmo!
Adoro ler livros mais dramáticos e O Segredo do Meu Marido me deixou curiosa. Espero ler em breve!
Beijos!
http://borboletasliteraria.blogspot.com.br/

Gladys Sena disse...

Oi!
A priori não tinha motivação para ler essa obra, mas sua resenha despertou a minha curiosidade.
Gosto de ler tramas enredadas pelas emoções dos personagens.

Iêda Cavalcante disse...

Oiee.
Esse livro me chamou a atenção desde o seu lançamento, de cara me apaixonei pela capa, muito fofa, e depois que fui descobrindo do que o livro trata fiquei mega interessada.
Ainda não li nada da autora, na verdade nem a conhecia, mas quando for ler alguma obra dela com certeza começarei por esse.
Bjokas!

Ana Clara disse...

Oi Alê!

Já tinha ouvido falar muito bem sobre esse livro há algum tempo, porém o nome dele não me faz ter aquela ânsia de conhecer a estória. Apesar disso, sua resenha me deixou bem curiosa. Aparentemente o livro é bem carregado de drama eu adoro livros assim.

Beijos!
http://www.roendolivros.com/

Alice Guerreiro disse...

Oi Ale! Ja vi alguns blogs falando desse livro e confesso que nao me interesse assim de cara, mas lendo sua resenha me deu mais vontade de ler, nem sou muito fã de dramas familiares mas adoro historias que envolvem segredos, espero um dia poder ler ;)

http://herdeiradelivros.blogspot.com.br/

Tamires Fernanda disse...

Oie... Eu ainda não conhecia o livro e nem a autora e fiquei bastante curiosa, e fiquei me perguntando sobre o que significava a capa ai eu descobri que as famílias das garotas nunca mas voltaram ao normal. Super legal essa ideia, gostei de saber.

Abçs :)

RUDYNALVA disse...

Alê!
Os thriller psicológicos são fascinantes, pelo menos para mim que gosto de analisar o comportamento através das situações vividas pelas pessoas, no caso, pelas personagens.
E como são 3 famílias envolvidas, pude notar que os segredos passados do falecidos, vão impactar a vida de várias pessoas e trazer à tona sentimentos diversificados.
Não tinha escutado nada sobre o livro anteriormente, entretanto sua resenha aguçou minha curiosidade.
Boa semana!
Cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

Fabi disse...

Conhei este livro por meio da Turne Intrinseca e me interessei pelo tema.Fiquei e ainda estou curiosa para saber como três núcleos familiares irao se curzar e relacionar e qual o efeito do segredo na trajetoria de cada um dos personagens.

Milena Soares disse...

Estou doida pra ler esse livro, parece ser ótimo, e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa pra conferi esse thriller psicológico.

camila rosa disse...

Aaaahhhhh eu quero saber esse segredooooo, sou uma pessoa muito curiosa, hahahah, que bom que o livro te agradou , estou ansiosa para ler ele desde que o vi na turnê Intrínseca, adorei a resenha viu.
Beijos *-*

Loly Fonseca disse...

Ainda não conhecia o livro ou a autora e quando vi a capa achei linda, mas depois que li a resenha não sei se é o tipo de livro que me intrigaria... Já li outros no mesmo gênero, mas pela sinopse não vi nada que me chamasse realmente a atenção... Pode ser que eu leia mais para frente, mas por enquanto eu passo...

nathalia muller disse...

quero muito ler esse livro, ele está há algum tempo na minha lista de desejos, mas tá faltando verba, kkkk
a cada resenha que leio a vontade só aumenta...
necessito ganhar na mega para poder comprar todos os livros que quero...

Ana Paula disse...

vou ler esse livro com certeza, sou pobre, por isso vou baixar um ebook gratis haha bjss <3

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger