quarta-feira, 22 de julho de 2015

RESENHA: Plutão

“Não podemos ser amigos só quando é conveniente para a gente. Boas amizades valem um esforcinho a mais!” (PALACIO, 2015, texto digital). 

***

Quando li Extraordinário, não sabia exatamente o que esperar, e acabei encontrando um livro que consegue transmitir grandes lições de vida de forma sútil e inspiradora. Assim, fiquei bem curioso em conferir Plutão, um conto sobre Chris, o melhor amigo de infância de Auggie. 

Em Plutão acompanhamos a vida de Chris em um dia que tudo parece dar errado. Ao mesmo tempo que narra seus infortúnios, ele lembra dos dias em que era vizinho de Auggie e de como esta amizade cresceu. Embora separados pela distância, os meninos descobrem que não existem barreiras quando se trata de uma amizade verdadeira. 

Embora Plutão seja um interessante adendo a Extraordinário, a meu ver ficou claro que sua estória é eminentemente infantil. Assim, ao passo que o livro logrou êxito em transcender faixas etárias e encantar pessoas de todas as idades, o conto possui um público mais restrito, tanto em função de sua narrativa, bem como em virtude de sua trama. 

Como era de se esperar, o protagonista da estória é Chris, sendo Auggie um coadjuvante. O problema é que Auggie esbanja carisma, e mesmo não sendo o centro da trama, rouba a cena com facilidade. Confesso que estava muito mais interessado nas lembranças de Chris envolvendo sua amizade com Auggie, do que em sua estória propriamente dita. 

É claro que R. J. Palacio mais uma vez consegue mostrar a essência e o valor de verdadeiras amizades, além de conduzir o leitor em outras profundas reflexões sobre temas como amor, família, maturidade e coragem, sendo este o ponto alto da obra. 

O texto da autora é extremamente fluído e é fácil mergulhar na estória, ainda mais por ser um conto breve. Minha única crítica se resume ao uso contínuo de artigos na frente de nomes próprios, o que, em alguns momentos, soou estranho, ainda mais quando possível a utilização de uma preposição. Exemplifico: “— Sinto muito. — disse a Isabela”. É Isabela quem disse ou alguém disse para Isabela? No caso, foi Isabela quem disse, então este artigo, além de desnecessário, tornou a sentença confusa. É claro que isto foi apenas um deslize na tradução, o qual não desmerece, nem compromete o conto. 

O problema ao escrever um livro que seja muito bom é que se cria um padrão de expectativa alto para o autor, assim como para as eventuais continuações da obra. E embora Plutão conte com uma estória interessante, preciso reconhecer que ela não brilha na mesma intensidade de Extraordinário

Para aqueles que gostaram das aventuras de Auggie, Plutão é um conto que merece ser lido. Tanto por ser uma oportunidade de reencontrarmos personagens tão queridos, como por suas impactantes reflexões. 

Título: Plutão (e-book cedido pela editora)
Autora: R. J. Palacio
N.º de páginas: 90
Editora: Intrínseca

23 comentários:

Inês Gabriela A. disse...

Olá,
Eu vi a divulgação do conto, AMO Extraordinário, adoro a escrita da autora e a cada momento surge uma história nova, nem consigo acompanhá-las, a verdade é que gostaria que lançassem um livro só com essas histórias, seria mais fácil.
Beijos.
Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

Ana Clara disse...

Ou Alê!

Adivinha quem li Extraordinário, amei e tô louca para ler Plutão? Só que as outras resenhas que eu li me deixaram um pouco mais animada que a sua. Quer dizer, todo mundo tá colocando esse conto lá nas alturas, mas acho que no fundo já esperava que não fosse chegar aos pés de Extraordinário.

Beijo!
http://www.roendolivros.com

Vanessa Meiser disse...

Oinn, eu nem li Extraordinário acredita?! Sempre quis mas, até hoje não comprei o meu exemplar...
Leria este conto numa boa, ainda mais sendo tão fininho, sem dúvida deve ser uma leitura para poucas horas. Até gosto de histórias mais infantis...

Beijo, Van Meiser - Retrô Books
http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

Diane disse...

Li extraordinário e amei ! Ainda não estava sabendo da existência desse livro e após sua resenha é claro que vou comprar o meu exemplar :)
Beijos ...

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Gabriela CZ disse...

Extraordinário é realmente um livro maravilhoso, Alê. Nem li O Capítulo do Julian ainda, mas quando soube de Plutão fiquei curiosa. Uma pena não ser algo tão abrangente, mas ainda parece ser válido de ser conferido. Ótima resenha.

Abraço!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Juliara Vasconcelos disse...

Ainda não li Extraordinário ainda. Apesar de não ser o estilo de livro que tenho o hábito de ler, ele me desperta muita curiosidade. Acho bacana quando os autores criam contos de personagens marcantes de livros.

Zona de Conspiração | Facebook da Zona

Carolina Vidal disse...

Olá Alê!
Eu li "Extraordinário" e simplesmente amei! Fiquei curiosa para ler esse e-book. Podiam publicar mesmo com poucas páginas, né?
Mil beijos,
http://quetal-carol.blogspot.com/

Ariane Reis. disse...

Oie Alê =)

Ahh! Extraordinário é um dos melhores livros que li na vida *-* Muito amor envolvido rs...
Fiquei curiosa para ler esse e-book. A narrativa da R.J Palácio é maravilhosa!

Beijos e um ótimo final de semana;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary

Tony Lucas disse...

Oi, Alexandre! Tudo bem? Eu amei Extraordinário, então sempre fico bem animado quando a R. J. Palacio lança alguma história que se passe no mesmo mundo do livro. O único porém é que o formato dele é digital e eu sempre escolho comprar livros físicos ao invés dos digitais. Espero que lancem ele em formato físico, pois quero ler a história! Adorei a resenha! :)

PS: Bem confuso esse "disse a Isabela"!

Abraço

http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

Leandro de Lira disse...

Oi, Alê!
Eu ainda não li Extraordinário por medo de me decepcionar. Muitas pessoas elogiam a obra e eu fico com receio de quebrar a cara. Não sabia da existência deste conto e pelo o que você disse, a autora realmente se restringiu nesta história a apenas um público. Isso pode ser um pouco frustrante para quem espera bem mais da mesma.
Adorei saber sua opinião.
Abraço!

"Palavras ao Vento..."
www.leandro-de-lira.blogspot.com

Livros leituras e leitores disse...

Oi Alê!
Ainda não li "Extraordinário"... não me mate! rs
E também não sabia sobre esses contos...
Confesso que não sou fã de e-book, mas como são apenas 90 páginas, acho que é rapidinho a leitura :)
Beijos
Dri
http://livrosleituraseleitores.blogspot.com.br/

Renata Varela disse...

Oi Alê!
Eu não sabia da existência desse livro! (E-book, conto) gostei bastante de ver que Extraordinário rendeu uma extensão, e mesmo com suas críticas - poucas - irei procurar!
Beijão e ótima resenha!
renatavarela.com.br

Tamara Costa disse...

Gostei do livro extraordinário mas acabei não me interessando muito pelos contos criados como adição a história. No entanto acho válido para quem gostou muito do livro e não quer se desapegar tão rapidamente da história original ^^

Vanessa Vieira disse...

Gostei da resenha Alexandre. Fiquei sabendo da existência deste livro há pouco tempo e mesmo que seja mais focado no público infantil, acredito que tenha belos ensinamentos. Abraço!

www.newsnessa.com

RUDYNALVA disse...

Alê!
Vejo sempre bons comentários sobre Extraordinário, porém ainda não tive oportunidade de ler.
E Plutão me parece uma boa continuação, ainda mais que é um livro infanto juvenil, onde sempre há aventuras e bons ensinamentos.
“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.”(Fernando Pessoa)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
Participe no nosso Top Comentarista!

Patrícia Landim disse...

Apaixonante o livro, tive a oportunidade de ler
http://petalasdelicadas.blogspot.com.br/

Giulia Sanches disse...

Eu adoro esse livro!

http://www.oraculodeelfos.com.br/

André Inácio disse...

Provavelmente leria, mas para isso primeiro tenho que ler Extraordinário hahahaha
Se um dia eu chegar a ir pra a leitura já emendo os dois numa tacada só.
Ótima resenha, Alê.

Eloísa Pompermayer disse...

Oiii
Estou louca para adquirir o e-book Plutão, eu li Extraordinário a um tempinho e m apaixonei pela historia, narrativa e pelo `sentido` adquirido pelo livro!
Parabéns pela excelente resenha! *---*
Bjoos

Jovem Literario

Bianca Dickmann disse...

Quando li Extraordinário fiquei pensando na histórias por meses. É um dos meus livros favoritos e merece todo reconhecimento que tem.
E como você disse, quando um autor cria uma obra muito boa, os leitores ficam esperando que todas as obras os agradem de tal maneira, mas as vezes isso não acontece.
Enfim, quero muito ler esse livro também. Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

Ju M disse...

Já ouvi falar muito bem de extraordinário, mas não sabia do lançamento de Plutão. Não me importa o fato do livro ser voltado mais ao público infantil se a narrativa é fluída e reflexiva como é nesse caso.

Thamiris Dondóssola disse...

Olá,
Confesso que também tive essa sensação... Ficava super animada quando Chris lembrava de Auggie (muito mais animada do que no restante da história). Mas adorei o conto, achei ele bastante reflexivo com foco na questão da amizade.
Beijos
Tão doce e tão amarga.



Postando Trechos disse...

Eu PRECISO ler esse livro. Simples e complicado assim. ahahah

Seguindo o blog!
http://postandotrechos.blogspot.com.br/

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger