sábado, 31 de dezembro de 2016

Especial de Fim de Ano: Parte 2.2

Em 2016, o nosso tradicional Especial de Fim de Ano ganhará um formato diferente. Por razões externas a nossa vontade, não conseguimos gravar os vídeos a tempo de os posts irem ao ar nesta época, mas também não quisemos deixar que o especial se perdesse. Por isso, dessa vez, as duas primeiras partes serão feitas na forma de post escrito e a última na forma de vídeo.

Para quem ainda não conhecesse os nossos especiais, uma breve explicação: na primeira parte comentaremos como foram as leituras dos livros que, no especial de 2015, elegemos como as nossas maiores expectativas para 2016. Na segunda, vocês saberão quais foram as nossas melhores leituras desse ano. Por fim, vamos contar para vocês quais os livros que mais estamos desejando para 2017. 

Especial de Fim de Ano - Parte 2.2: Retrospectiva Literária - Melhores de 2016: Lista do Alê


5º Lugar: O Livro de Memórias, Lara Avery


Decidi dar uma chance para O Livro de Memórias por causa das inúmeras resenhas positivas que li, embora não estivesse com grandes expectativas, e este acabou sendo uma das melhores surpresas do ano. Conhecemos Sammie através de suas anotações após ser diagnosticada com uma doença degenerativa que irá, progressivamente, ocasionar a perda da memória. Apesar de ser uma mescla de Young Adult com Sick Lit (uma combinação amplamente explorada, diga-se de passagem), Lara Avery conseguiu criar uma estória original e emocionante. Sammie é uma protagonista que nos encanta por sua vontade de viver e de transformar seus sonhos em realidade, mas que também tem seus defeitos. O mais interessante é que, ao registrar suas memórias, Sammie passa por um processo de aprendizagem e auto-descobrimento que muda sua forma de ver o mundo.  Apesar de alguns clichês, O Livro de Memórias é intenso e tocante, sendo impossível não refletir sobre a volatilidade da vida e a imprevisibilidade do futuro. 


4º lugar: Jurassic Park, Michael Crichton


Se você não assistiu, tenho certeza que pelo menos ouviu falar do filme O Parque dos Dinossauros. O que nem todo mundo sabe é que o filme dirigido por Steven Spielberg se baseou no fantástico livro de Michael Crichton.  Uma ilha próxima à Costa Rica é escolhida para sediar o Jurassic Park, uma audaciosa atração turística onde dinossauros são produzidos de forma artificial. Mas durante um fim de semana que serviria para testar a segurança do local, os administradores do parque perdem o controle da situação e o caos se instala. Jurassic Park conquistou seu lugar na lista de melhores do ano por ser um thriller empolgante e instigante, que faz com o leitor mergulhe de cabeça no mundo dos dinossauros. Além desse ritmo acelerado, o autor ainda conseguiu despertar reflexões acerca do papel e função da ciência e da tecnologia na sociedade, trazendo discussões que são relevantes ainda hoje. Jurassic Park certamente foi um dos melhores thrillers do ano e mal posso esperar para conferir a continuação: Mundo Perdido.


Em 2014, Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo foi uma das melhores leituras do ano da Mari e depois de ouvir tantos elogios, o livro entrou na minha lista de desejados. Li apenas neste ano e me arrependo de não ter lido antes, pois todos os elogios eram mais do que merecidos. O cerne da obra é o processo de descobrimento de identidade e de amadurecimento, tão típico da adolescência, e ver Ari e Dante evoluírem ao longo da estória é um dos pontos altos. Outro fator interessante é que Sáenz criou tramas paralelas — não se focando apenas na amizade dos protagonistas — sendo que todas elas são importantes para a jornada dos meninos. Além disso, Sáenz consegue abordar assuntos como família, amizade, justiça, amor, aceitação, e tantos outros de forma sútil, mas ainda assim reflexiva. Merece destaque a narrativa absolutamente inebriante do autor, que me envolveu tão completamente na estória que li o livro em menos de um dia. Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo é um livro simples, mas que encanta o leitor pela profundidade e singeleza de suas reflexões. 



Há anos desejava ler algum livro de Brandon Sanderson e meu primeiro contato com a obra do autor não poderia ter sido melhor. Partindo da premissa de que pessoas que ganham superpoderes se tornariam supervilões, Sanderson criou um universo complexo e extremamente original.  Além de contar com personagens profundos, o que mais impressiona é o desenvolvimento da trama e a forma como o autor consegue unir todas as pontas de forma surpreendente, mas sem deixar a coerência de lado. Quem acompanha o blog sabe como gosto de fantasia, mas nos últimos anos tenho me decepcionado bastante com este genêro, visto que a maioria dos livros que tenho lido são apenas mais do mesmo. Por isso que Coração de Aço me empolgou tanto, pois Sanderson fez um trabalho impecável em todos os aspectos que se pode analisar e iniciou a série Executores com o pé direito. 


Peguei A Resposta emprestado em um momento de impulso e bastou a leitura do primeiro capítulo para que eu soubesse que estava prestes a embarcar em uma jornada inesquecível. Em A Resposta conhecemos a jovem Skeeter, recém formada em jornalismo, que retorna para sua cidade natal e percebe que não se encaixa mais naquele mundo de preconceito velado. É por isso que se aproxima de Aibileen e Minny — duas mulheres negras que trabalham como empregadas domésticas — e juntas escrevem um livro para expor a dura realidade que enfrentam. Stockett acertou ao deixar a luta por igualdade como um pano de fundo para estória, pois o que realmente faz o livro brilhar é a forma como as vidas de pessoas tão diferentes se cruza e, sobretudo, como elas impactam umas às outras. A Resposta conta com uma estória simples e poucas reviravoltas, mas vai fundo no desenvolvimento dos personagens e também consegue transportar o leitor para a Mississipi da década de 60, fazendo-o sentir na pele o preconceito em todas as suas formas. Mais do que uma estória marcante, A Resposta é uma bela lição de vida. 



13 comentários:

Ana I. J. Mercury disse...

O livro de memórias quero muitoooooooo parece ser lindo!!
A capa é linda, e todas as resenhas que li são bem emocionantes e positivas ;)
Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo parece bom, tem uma capa foférrima, e as resenhas se divergem, então, acho melhor eu ler mesmo kkk e só assim saberei!!!
Jurassic park não curti muito o filme, mas tenho interesse em ler sim! bjsss

Naiara Fidelis Da Silva disse...

Estou curiosa para ler todos os livros da lista e por saber que ficou na sua lista de melhores, me deixou com mais vontade ainda.

Alessandra Salvia disse...

Oi Ale,
Ainda não li nenhum dos livros citados, mas quero muito ler 'O Livro de Memórias' em 2017.
Beeeijos
http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

Gabriela CZ disse...

Muito bom conferir tuas melhores leituras do ano, Alê. Todos estão na minha lista, especialmente Jurassic Park, "Dante e Aristóteles" e A Resposta. Mas devo dizer que seus comentários/resenhas de O Livro de Memórias e Coração de Aço me confirmaram que realmente devo lê-los. Ótimo post.

Feliz Ano Novo aos dois!

Beijos!
Portal Andar de Cima

Nessa disse...

Oi Alê
Foi depois de ler sua resenha Coração de aço que eu resolvi compra-lo, estou esperando pela Amazon ansiosa, parece ser muito bom este livro.

Beijinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Luiza Helena Vieira disse...

Oi, Alê!
Quero ler Aristóteles e Dante e Coração de Aço.
Feliz Ano Novo!
Beijos
Balaio de Babados
Participe da promoção de três anos de Um Oceano de Histórias

O Que Tem Na Nossa Estante disse...

Oi Alê!

Jurassic Park é um livro que eu sempre quis ler e A resposta também porque adoro o filme! Já O livro de memórias eu achei tocante também!!

Aproveitando, feliz 2017! que seja uma ano de realizações!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Becca Martins disse...

Oi Alê!
Eu tenho muuuuita vontade de ler O livro das Memórias. Eu também já vi várias resenhas positivas e isso só me animou mais! Aristóteles e Dante também estão nas minhas próximas leituras! <3
Beijos!!
http://umlugarparaleresonhar.blogspot.com.br/

Priscila Tavares disse...

Oi Alê, tudo bem?
O Livro de Memórias está na minha lista para esse ano e espero conseguir ler.
Feliz Ano Novo!
Beijos
Quanto Mais Livros Melhor

RUDYNALVA disse...

Alê!
gosto de ver os melhores do ano porque tem sempre algum livro que não conheço e aqui no caso foi justamente o seu primeiro lugar: A Resposta.
Quero muito poder ler O livro de memórias.
“Ano Novo!
Um novo ano começou, e assim, eles passarão: um a um… São mais 365 dias... Novas outras 365 oportunidades de fazer diferente! Fazer melhor, fazer mais, em alguns casos, fazer menos… Espero que ao final desse tempo, possamos contabilizar quantas estrelas fizemos brilhar…” (Desconhecido)
FELIZ 2017!
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

Sil disse...

Olá, Alê.
Do seu top eu li O livro de memórias que amei. Achei que ia ser mais um ACEDE mas acabei apaixonada pela história. Jurassic Park eu amo os filmes e esse ano reli o livro nessa edição ai e ele é tão perfeito quanto eu lembrava. A Resposta é um livro que está na minha lista e espero conseguir ler esse ano.

Prefácio

Indicar Livros disse...

quero muito ler Jurassic Park, já tem tanto tempo na lista de desejados. Mas não pretendo desistir beijos

Taynara Mello
www.indicarlivros.com

Guilherme disse...

Oi!
Adorei a lista! to lendo Ari e Dante mas não to gostando :/ ainda assim, quero ler as outras indicações.
Abraço!
http://leituraforadeserie.blogspot.com/

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger