segunda-feira, 10 de setembro de 2018

RESENHA: Lobos de Calla

Lobos de Calla A Torre Negra
Confesso que achei a leitura de Mago e Vidro, o quarto livro da série A Torre Negra, um pouco cansativo e por isso mesmo não estava com muita expectativa para ler Lobos de Calla. Mas, para minha surpresa, este acabou se tornando um dos meus livros preferidos da saga. 

A cidade de Calla é atacada por cavaleiros mascarados uma vez a cada geração. Eles sequestram metade das crianças e as devolvem semanas depois, com sequelas físicas e psicológicas. Calla está prestes a ser atacada novamente quando os pistoleiros chegam na cidade e sua ajuda é solicitada pelos moradores. Como se não bastasse, os pistoleiros também precisam proteger um amigo na Nova York de 1977.

Lobos de Calla foi o livro que me fez perceber que apesar da premissa da série ser a busca pela Torre Negra, a jornada de Roland e do ka-tet é o verdadeiro cerne da saga. É incrível ver a evolução e o amadurecimento de todos os personagens, bem como o desenvolvimento de seus relacionamentos. Apesar dos protagonistas não se aproximarem muito da Torre no sentido físico, mais uma vez o livro fornece diversas respostas sobre ela. 

Antes de começar a leitura da saga, fiquei sabendo que era importante ler ‘Salem antes do quinto livro, embora não soubesse exatamente o porquê. Assim, li o referido livro sempre me perguntando como ele se conectaria com a série A Torre Negra e acabei suspeitando que um personagem, que tem um final aberto, poderia reaparecer. Dito e feito, foi exatamente isso que aconteceu. 

Este personagem acabou roubando a cena e sendo um dos fatores que mais motivou minha leitura, pois estava muito curioso para descobrir o que havia acontecido com ele depois dos eventos narrados em ‘Salem e como ele foi parar no Mundo Médio. Sinceramente, fiquei impressionado (mais uma vez) com a genialidade de King, que cruzou a vida desses personagens com tamanha naturalidade e maestria. 

“— Ninguém nunca vive feliz para sempre, mas deixamos as crianças aprenderem isso por conta própria, não é?” (KING, 2007, p. 58) 

Creio que a leitura de ‘Salem não seja absolutamente necessária para quem deseja ler A Torre Negra, porém, o livro fornece um importante background do personagem e enriquece ainda mais a experiência de leitura de Lobos de Calla.

A trama de Lobos de Calla é muito bem desenvolvida e amarrada, contando com diversos núcleos e arcos narrativos. King tem paciência para ir costurando os inúmeros fios da trama e mesmo sendo um livro longo, a leitura não se torna cansativa em nenhum momento. O desfecho é a especialidade de King, do tipo que faz o leitor prender a respiração e ficar com o coração na mão. Já o final deixa um cliffhanger e tanto para a continuação da saga. 

A meu ver, Lobos de Calla é o turning point da série. Fica evidente que a saga ganha um novo fôlego e agora já conseguimos vislumbrar a Torre se aproximando. De minha parte, tudo o que digo é expectativa em alta para o sexto e penúltimo livro da série. 

Título: Lobos de Calla - A Torre Negra vol. V
Autor: Stephen King
N.º de páginas: 741
Editora: Suma

Compre: Amazon
Gostou da resenha? Então compre o livro pelos links acima. Assim você ajuda o Além da Contracapa com uma pequena comissão.

10 comentários:

Ludyanne Carvalho disse...

Não sabia que King tinha uma série escrita, sempre pensei que eram apenas livros únicos.
A dificuldade da série é se manter em um padrão ou ir crescendo a cada volume, é muito desanimador quando um livro da série não nos agrada e ficamos naquela expectativa do próximo.
Fico feliz que esse tenha sido melhor do que o anterior; apesar de King não fazer meu gênero, fica nítido que o cara é um gênio.

Beijos

Lara Caroline disse...

Oi Alê,tudo bem?
Já havia ouvido falar da série,porém nunca li nenhum dos livros. Fiquei meio boiando na resenha por não ter lido os livros anteriores, mas sei que o King nunca desaponta.
Estou esperando uma promo bacana para adquirir os livros.
Beijo

Gabriela CZ disse...

Fiquei ansiosa, Alê. Ainda não consegui comprar a coleção, mas anotei a dica para ler 'Salém antes do 5º volume. Ótima resenha.

Beijos!

RUDYNALVA disse...

Alê!
Fico tão feliz em ver que esse livro te reconquistou para continuar a leitura da série, porque no anterior, ficou bem decepcionado, não foi?
Bom ver que o protagonista 'robou' a cena e tomou posse do livro, dizendo a que veio.
Tomara que consiga ler os outros e traga as resenhas.
“O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes.” (Blaise Pascal)
cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

O Vazio na Flor disse...

Ah esta saga! Já namorei tanto ela, mas o preço é meio salgadinho e sempre vou deixando para lá.rs
E tem isso, de nem todos os livros serem bons, coisa que deixa a gente meio triste. Mas sei lá, ao mesmo tempo, tem a assinatura do Mestre, então..rs
E pelo que li acima, a partir deste livro, começa uma nova história!!!
Espero poder ter e ler em breve.
Beijo

Michelli Prado disse...

Olá! Esta é uma série que tenho muita vontade MESMO de conferir. Ainda não tive dinheiro mesmo para poder começar a adquirir os livros e acabo me desanimando devido aos tamanho deles e da série e acabei nem olhando o filme também para poder ler os livros.

Luana Martins disse...

Olá, Alê
Ainda não li essa série, mas quero muito ler. A única coisa que me impede de ler os livros do mestre é o preço salgado.
Que bom que esse livro despertou sua vontade de continuar a série, aguardando a resenha do próximo.
Obrigada pela dica de ler Salém antes deste volume, beijos!

Marta Izabel disse...

Oi, Alê!!
Gostei de ver que esse livro trouxe um novo fôlego para a Série A Torre Negra. Ainda não li nenhum dos livros dessa série, mas quero muito ler esses livros do mestre do terror.
Bjoss

Carolina Santos disse...

Esse foi o primeiro livro do Stephen King que ele e marcou para sempre a minha vida apesar de não ter lido todos os livros da série eu quero terminar elas até metade do próximo ano porque foi uma experiência maravilhosa que tive e inclusive meu primeiro contato com o autor

Ana I. J. Mercury disse...

Parece bom e é bem diferente do que estou lendo ultimamente,
não entendi bem algumas coisas, mas acho que é porque não li nenhum dessa série ainda.
Que aliás, até quero ler, porém, como a série é grande e os livros também, sempre acabo postergando. kkkk
bjs

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger