domingo, 9 de junho de 2013

RESENHA: Inferno

“Só existe um contaminante que se propaga mais depressa que um vírus, pensou. O medo.” (BROWN, 2013, p. 410).

***

Embora não me considere um fã de carteirinha do autor, reconheço que são poucos os escritores que conseguem prender a atenção do leitor da forma como ele faz. Sendo assim, confesso que estava um tanto curioso para conferir a nova aventura do simbologista de Harvard e devo admitir: Dan Brown é um exímio contador de estórias.

Robert Langdon acorda no meio da madrugada em um hospital florentino, sem lembrar-se do que aconteceu nas últimas trinta e seis horas. Quando ele começa a ser caçado por uma força de elite, o simbologista somente poderá contar com o apoio de Sienna Brooks, e juntos deverão desvendar os enigmas deixados por uma mente obcecada pela obra prima de Dante Alighieri

Como a Mari comentou na resenha de O Símbolo Perdido, também acho que um dos maiores problemas do autor seja sua tendência a usar sempre a mesma fórmula. Felizmente, em Inferno, Dan Brown abandonou a fórmula, criando uma nova estrutura para o livro.

Todavia, fiquei com a impressão de que o suspense não funcionou. Não sei se por já ter lido muitos livros de mistério ou por estar acostumado as “malandragens do autor”, mas a verdade é que a maioria das reviravoltas da trama foram previsíveis. Mas veja bem, há uma ênfase na palavra "maioria". Isto porque, em alguns momentos, o autor me deixou de boca aberta. 

Mesmo não me surpreendendo em todos os capítulos, o fato é que Dan Brown sabe atiçar a curiosidade do leitor e, o mais importante, mantê-lo curioso até o fim da leitura. Assim, mesmo que a conduta dos personagens seja, por vezes, previsível, o leitor está sempre a se indagar quais são seus motivos, assim como tentando encaixar as peças do gigante quebra cabeça montado pelo escritor. Dito de outra forma: não faltam elementos para tornar a leitura dinâmica, fazendo com que o leitor avance noite adentro sem conseguir largar o livro.

O pano de fundo da estória traz uma interessante e relevante discussão acerca do crescimento acelerado da população mundial. Embora alguns dados e teorias defendidas pelo autor tenham me parecido um tanto exagerada, o assunto merece ser analisado com mais afinco em nossa sociedade.

O ingrediente comum aos livros do autor é seu alto potencial viciante, e com a nova obra não foi diferente. Inferno conta com uma narrativa fluída, excelentes personagens, além de garantir uma leitura envolvente, repleta de adrenalina e que manterá o leitor intrigado até a última página. 

Por fim, sinto-me obrigado a destacar a eficiência da Editora Arqueiro, visto que o lançamento nacional de Inferno foi quase simultâneo ao lançamento internacional.


Título: Inferno (exemplar cedido pela Editora Arqueiro)
Autor: Dan Brown
N.º de páginas: 443
Editora: Arqueiro

14 comentários:

cath´s m. disse...

Eu li vários livros do autor e gosto, mas admito que estou com preguiça de ler Inferno e nem sei bem o porque. Talvez seja só uma fase.

Francielle Couto Santos disse...

Alê, acredita que eu nunca li nada do Brown? E tenho o ANJOS E DEMÔNIOS, e até li alguns capítulos quebrados, mas até o momento não desenvolvi essa sede pelos enredos do autor, embora eu reconheça que a temática trabalhada por ele, além de interessante e polêmica, é bem instigante.

Enfim, gostei muito da sua resenha. Talvez o previsível seja mesmo por conta do formato cuja narração já estamos acostumados a conferir. Espero ter a chance de ler um dia, pelo menos, O CÓDIGO DA VINCI, que para mim é o mais doido de todos. Hahaha.

Um abraço!
http://universoliterario.blogspot.com.br/

Ana Paula Barreto disse...

Sempre quis saber o que aconteceria se o Dan mudasse a fórmula e pelo visto não deu tão certo. Claro que ele é um excelente autor e conseguiu por meio da narrativa prender o leitor, atiçar a curiosidade, etc. E isto é bom, mas pena que um dos trunfos dele não apareceu no livro, que é exatamente a imprevisibilidade.
Ainda assim quero ler o livro, aliás quero muito.
bjs
GFC: Ana Paula Barreto

Thaynara ribeiro disse...

Nunca li nada do Dan e apesar da otima resenha, esse livro é um do tipo q vou.saber se gostei depois de ler.
A dúvida continua mesmo depois da resenha.....

Vânia Gama disse...

gosto desse tipo de livro, que deixa a gente bem curioso até o final do livro.. aqueles livros que se tornam chatos na metade, e deixa a gente desanimado pra continuar, é um saco --' Tenho uma pequena "rixa" com Dan Brown, mas quero muito ler esse livro!
beijos

Aione Simões disse...

Alê, você não imagina o quanto me animou ler que houve certo abandono da usual fórmula do autor em Inferno!
Eu já estava curiosa por ele fazer referência a Dante (e, obviamente, por ser mais um livro do Dan Brown), agora estou ainda mais empolgada!
Ainda que o suspense seja previsível em alguns momentos, é bom ver que isso não acontece em todo o livro.
Beijão!

Minha divulgação: https://twitter.com/mi_simoes/status/344210818067472385

Amanda Péres disse...

Fiquei surpresa pelo autor ter "reformulado" sua história! Ainda não me cansei do autor, apesar de serem histórias sempre parecidas e depois da decepção de 'O Símbolo Perdido'!
Tenho certeza que será mais um livro dele que me verei envolvida num piscar de olhos. ;)

Naty disse...

Eu estava com um pé atras com esse livro, pois temia que fosse totalmente previsível como o último que li. Mas fico feliz em saber que o autor conseguiu surpreender em alguns quesitos e que ele abandonou a fórmula de sempre.

Divulgação: https://twitter.com/NatyIC/status/344597180734140417

Mariana Gomes disse...

Eu li um livro do Brown e adorei! Mal vejo a hora de ter Inferno em minhas mãos para começar a ler!

Beijos,
biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

Rossana Batista disse...

Não fala que o suspense não funcionou porque eu tô tão na expectativa de ler esse livro! rsrs
Estou participando da top, quem sabe ganho :D

Divulgação: https://twitter.com/rooohbatista/status/348458922241314816

Roberta Moraes disse...

Esse é um dos livros mais desejados por mim neste momento!
Eu quero muito esse livro!!

Divulgação: https://www.facebook.com/roberta.moraes.7127/posts/324606754340821

Nardonio disse...

Sempre leio comentários positivos em relação aos livros do Dan Brown. Eu gosto bastante dessa mescla de mistérios, investigações, ações, aventuras com obras de arte. O bom nesse livro é que ele foge um pouco da fórmula que geralmente gosta de usar. Enfim, esse também entra para minha listinha de próximas aquisições.

Seguidor: DomDom Almeida
@_Dom_Dom
Divulgação: https://twitter.com/_Dom_Dom/status/348612630627356674

Jessica Lisboa disse...

Estou curiosa a respeito desse novo livro lançado do Dan, muitas pessoas estao falando bem de seu novo livro, Dan sempre surpreende seu leitores, estou muito afim desse livro, achei a capa dele linda.
https://twitter.com/jessikalisboa_/status/351340373039263745

cristiane disse...

Não sei se é a melhor dele, mas gostei dessa nova trama. Tem um tema super interessante, como sempre o autor fazendo livros que chamam atenção. Gostei desse, parece ser uma boa leitura. E quem é fã, ou ao menos gosta dos livros dele, fica querendo ler. Eu quero!
cristiane dornelas

https://twitter.com/cristianecullen/status/351373196840275968

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger