quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Conexões Além da Contracapa #21

Em “Incidente em Antares” os mortos não podem ser enterrados, pois os coveiros da cidade de Antares estão em greve. Se recusando a aceitar que seus corpos continuem a apodrecer, os mortos reivindicam seu direito a um enterro digno, protestando pelas ruas e ameaçando expor os segredos de outros membros da sociedade (algo que podem fazer tranquilamente, afinal, já estão mortos e nada mais os atinge). Extremamente divertido, o livro foi o último romance concluído por Erico Verissimo e é um ótimo exemplar do talento deste autor mais conhecido por ter escrito…

...“O Tempo e o Vento, uma inesquecível história de amores e guerra que retrata a saga da família Terra Cambará ao longo de 200 anos, mesclando a história de seus personagens com a história do Rio Grande do Sul. Outra saga familiar que também faz um retrato histórico é...


“Cem Anos de Solidão”. Nela, a família Buendía é acompanhada ao longo de sete gerações que testemunham a ascensão e queda do vilarejo de Macondo. Considerada uma das obras mais importantes da literatura latino-americana é da autoria do vencedor do prêmio Nobel Gabriel Garcia Marquez que revelou ter como uma de suas principais influências…


...Franz Kafka. Em uma entrevista, o autor colombiano revelou “quase ter caído da cama” ao ler uma história do autor tcheco, pois até aquele momento nunca havia imaginado que se podia escrever coisas como "um homem acorda transformado em um inseto gigante". Esta premissa absurda é o que dá início a A Metamorfose, um dos livros mais famosos de Kafka e um dos principais exemplares do “Realismo Fantástico”, gênero no qual o absurdo é tratado como cotidiano e no qual também se enquadra “Incidente em Antares”.

21 comentários:

Silviane Casemiro disse...

Oi, Mari! Adorei essas conexões. Acho que as vezes os leitores ficam bem indiferentes com esses detalhes e acabam não se dando conta do quanto uma obra, um autor pode acabar influenciando outro ou mesmo que não seja esse o caso influencie os próprios leitores. Beijos
SIL | Estilhaçando Livros

Ycaro Brito disse...

Mari, realmente as conexões estão além do que podemos imaginar. Apesar desta coluna confundir um pouco a minha mente a admiro bastante, por conta da amostra de como o mundo literário está unido, mesmo com tantas obras. Conheço algumas obras do Erico Verissimo, mas nunca cheguei a lê-las.

RUDYNALVA disse...

Mari!
Adoro a inteligência com que começa no assunto, vai citando outros autores e livros e no final, termina como começou.
Uma historinha bem elaborada e cheia de novos conhecimentos literários.
Parabéns!
“A gratidão é o único tesouro dos humildes.”(William Shakespeare)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

Ju Goulart disse...

Oi Mari, eu já disse umas mil vezes que adoro essa coluna (acho que disse, pelo menos) rsrs. O texto é muito bem escrito, apesar de sintético, e consegue ligar detalhes que, a princípio, não parecem relacionados.

Beijos!

Gabriela CZ disse...

Suas conexões são sempre uma bela surpresa, Mari. E ainda nos permite conhecer outras obras. Antes eu já queria ler A Metamorfose e O Tempo e o Vento, agora também quero Incidente em Antares e Cem Anos de Solidão. [rs]
Ótimo post.

Abraços!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Poliana Veloso disse...

Mari sua lida, que post incrível é esse. Como futura professora de Literatura é ótimo saber dessas coisas inusitadas entre os autores.
Obrigada por compartilhar isso conosco.
Beijo.
http://www.livricios.com/

Sil disse...

Olá, Mari,
Adoro essa coluna. Tudo está conectado hehe. Dos livros citados não li nenhum deles ainda. Me interessei por Incidente em Antares, parece ser sinistro hehe. E dos autores só li um livro de Érico Veríssimo. Os outros eu nem conhecia ainda hehe.

Blog Prefácio

Blog Não Leia disse...

Amei as conexões!
Relembrando "Cem Anos de Solidão", nossa! Gabriel Garcia Marques fazendo um retrospecto de lembranças e memórias! Amo muito!

Beijos!
Paulinha C.
www.naoleia.com

David Andrade disse...

Oi Mari!
Gente, adoro essa coluna de vocês que puxa uma coisa a outra <3 Aprendo tanto. Não li nenhuma obra completa do Érick, mas tenho muito vontade, principalmente essa que você citou, O Tempo e o Vento. Li alguns contos dele, e achei muito legais.

Abraços
David Andrade
http://www.olimpicoliterario.com/

Mariele Antonello disse...

Não conhecia o livro Incidente em Antares do Erico Verissimo, mas parece ser bem interessante, acredito que irei gostar, pretendo ler O Tempo e o Vento.
Adorei essa coluna, muito interessante, é bom saber mais sobre autores clássicos.

Livreando disse...

Excelente post, todos esses escritores que você citou sou ultra mega fã. O livro do Verissimo está na fila para ser devorado em um final de semana. Parabéns pelo blog.

Diane disse...

Oie ...
Amei o post !
Adoro "O tempo e o Vento " ! É um dos meus livros favoritos !
A parte que retrata a vida de Rodrigo e Bibiana é pra mim a melhor .
Beijos

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

Pandora disse...

E eu amo Veríssimo, ainda não li Gabriel Garcia Marques, mas sou apaixonada por Kafka, morro de medo de virar uma barata sabe... é tão fácil, o Sansa é um personagem que marcou a minha vida, minha tragetória sua família sempre é alvo de minhas reflexões e o absurdo sempre presente na obra de Kafka revela um homem que enxerga a realidade de uma forma profunda e grita seus absurdo quando escreve sobre o que vê.

Pandora
#DoQueEuLeio

O Que Tem na Nossa Estante disse...

Adorei essa conexão, que jogo de referencias interessante. Sem contar que começou com um autor do qual venho me aproximando lentamente, o Verissimo, e terminou em um do qual sou absolutamente FÃ que é o Kafka. "Metamorfose" é um dos livros da minha vida.


O que tem na nossa estante

Vitor Leonardo disse...

Oi,
Gostei do jeito como começou o texto, cada qual se encaixando no outro! Espero algum dia ler livros desses renomados autores!

Carolina Garcia disse...

Oi, Mari!!

Gostei muito dessas conexões. Mas confesso aqui que não consegui pegar 100 anos de solidão para ler. Há tempos na lista de espera, só que não ando organizando o meu tempo bem o suficiente para lê-lo. =/

Bjs!

livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

Camila Monteiro disse...

Uau Mari! Genial esse post. Aliás já marquei os livros para colocar na minha estante de CLASSICOS PARA LER. Lindo! Adorei

www.vidacomplicada.com

Rose Gs disse...

Muito bacana mesmo, amei o post, Conheço apenas as historias do Erico verissimo, fui "obrigada" a ler uma vez na escola alguma obra dele, e achei o Tempo e o Vento -parte 1 na biblioteca e fui ler sabendo que ia encontrar uma coisa muito chata , e então me apaixonei pelo autor, que hoje tenho em minha estante os 3 livros de o Tempo e o Vento.

Kamilla Evely disse...

Olá! Essas conexões são ótimas, adorei bastante! Conhecer um pouco mais sobre os autores foi ótimo, despertou até curiosidade pelos livros citados.
Beijos
www.lendoeapreciando.com

Ana I. J. Mercury disse...

Mari, ameeei seu texto, me deu uma boa visão de cada autor, que ainda não li nenhum (aiquevergonha!), e fiquei surpresa por Incidente em Antares, nunca tinha ouvido falar dele!! Eu preciso!!!!!
bjos

Ju M disse...

Que máximo essa conexão.

Eu amo O tempo e o vento, ainda falta um livro pra eu terminar!

Cem anos de solidão é um livro que quero ler ano que vem.

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger