sábado, 5 de dezembro de 2015

RESENHA: Lugares Escuros

“— [...]. É um crime insano, insano, grande parte dele não vai fazer sentido. Por isso as pessoas são tão obcecadas com esses assassinatos. Se fizessem algum sentido, não seriam realmente mistérios, certo?” (FLYNN, 2015, p. 123)

***

Considero Gillian Flynn uma das melhores autoras da atualidade, e depois de ter ficado atônito com Garota Exemplar, e espantado com Objetos Cortantes, mal podia esperar para conferir Lugares Escuros.

Em janeiro de 1985 a família Day foi assassinada, sendo Libby, uma garotinha de oito anos, a única sobrevivente. Foi seu irmão mais velho, Ben, quem foi condenado a prisão perpétua pela prática do crime, mesmo com poucas provas de seu envolvimento. Libby nunca teve dúvidas de que fora Ben quem cometera os assassinatos, mas quando um grupo de pessoas convencidas de que ele é inocente a instiga a desvendar os mistérios do passado, segredos começam a ser revelados. 

Creio que Lugares Escuros é o livro de Flynn que me envolveu mais rapidamente. Em poucas páginas já estava imerso naquele mundo, tentando entender o que tinha acontecido naquele fatídico dia, bem como tentando desvendar o caráter e a personalidade de Ben: manipulador ou vítima da situação? 

Porém, fiquei com a impressão de que o desenvolver da estória é um tanto lento. Libby começa a rastrear pessoas do passado, que poderiam saber detalhes sobre o caso, ou até mesmo estarem envolvidas com o crime, mas senti que foram poucas as respostas que o leitor encontra.Além disso, creio que esse desenvolvimento mais vagaroso se deva, em parte, a estrutura da obra, que conta com capítulos alternados entre Libby, narrando em primeira pessoa os acontecimentos nos dias de hoje, e um narrador em terceira pessoa, contando os pontos de vista de Ben e Patty (a mãe deles) sobre os eventos que antecederam os assassinatos. 

Um elemento presente nas obras da autora e que sempre me impressiona é a possibilidade de juntar as peças de inúmeras formas e ver que todas elas são plausíveis quando se chega ao final da estória. No decorrer da leitura, me vi criando novas teorias a todo instante, e isso só foi possível por causa da profundidade dos personagens, que permitiam múltiplas interpretações e poderiam ser vistos sobre diversos prismas. 

A reta final consiste em uma dose concentrada de ação e adrenalina, sendo impossível interromper a leitura até que todas as peças se juntem. E neste quesito Gillian Flynn também se sobressai: me impressiona como ela consegue amarrar a trama de forma tão cuidadosa, verossímil e ainda impressionar o leitor. Aliás, preciso registrar que Flynn é uma das poucas autoras que sabe manter o pé no chão quando se trata de thrillers psicológicos, não precisando recorrer a artifícios desnecessários e forçosos para criar reviravoltas surpreendentes. 

Creio que minha única decepção com a obra foi o fato de ter acertado parcialmente a resolução do mistério. A teoria que criei desde o início e na qual apostava as minhas fichas foi certeira, embora estivesse incompleta. Mas ainda assim, é impossível ler Lugares Escuros e não se espantar e maravilhar com a genialidade da autora.  

Contando com bons personagens, uma narrativa fluída e uma estória que envolve o leitor rapidamente, Flynn mostra seu talento mais uma vez. Mesmo não sendo a obra mais impactante ou surpreendente de sua autoria, Lugares Escuros é um excelente exemplar do gênero. 

A obra foi adaptada para o cinema neste ano, estrelando Charlize Theron. Clique aqui para assistir ao trailer. 

Título: Lugares Escuros (exemplar cedido pela editora)
Autora: Gillian Flynn
N.º de páginas: 351
Editora: Intrínseca

21 comentários:

Karina Valshe disse...

Lugares Escuros, apesar dos pontos que não te agradaram tanto assim, parece ser mais outro livro que comprava a habilidade da autora de envolver e surpreender o leitor com as situações e personagens que cria.
A premissa chamou bastante a minha atenção, assim como os demais livros da autora, que possuem diversos elementos que me agradam muito, sendo os principais os mistérios e ação, aliados a bons personagens.
A estrutura da narrativa é interessante, mas como disse, talvez isso tenha tornado o desenrolar da trama um pouco mais lento. Dependendo de como isso é feito, talvez Lugares Escuros me canse em determinados pontos, mas acredito que a habilidade da autora ainda garante que esse livro seja outra leitura agradável.
Gostei muito da sua resenha.
Abraços

Gabriela CZ disse...

Ando em dívida com a Flynn, Alê. Desde que li Garota Exemplar quero muito ler outras obras da autora, e comentários como os seus me instigam ainda mais. E se mesmo com os pontos negativos o livro te agradou tanto, deve ser maravilhoso. Ótima resenha.

Abraços!
http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

Priih disse...

Oi Alê, tudo bem?
Meu único contato com a autora foi por meio do filme Garota Exemplar. Não foi o meu favorito do ano, mas todo mundo fala tão bem da escrita dela que eu fico com uma pontinha de curiosidade. Gosto de livros com finais surpreendentes.
Beijos,

Priscilla
http://infinitasvidas.wordpress.com

Luiza Helena Vieira disse...

Eu ouço opiniões contraditórias sobre a escrita da Gillian.
Garota Exemplar não me chamou muito atenção, mas quero muito ler Lugares Escuros.
Beijos
Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

Diane disse...

Oie...
Quero muito ler esse livro e os demais livros da autora :)
Se o livro tem bons personagens com certeza consegue entreter muito bem o leitor .
Beijos

http://coisasdediane.blogspot.com.br/

RUDYNALVA disse...

Alê!
Li apenas um livro da autora e gostei muito, mesmo que o final não tenha sido o que esperava, mas entendi...
Quanto a esse livro, deve mesmo ser um ótimo thriller psicológico e é o que mais gosto, porque podemos conhecer e nos apegar as personagens.
“Temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos.” (Albert Einstein)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

Carla A. disse...

Da autora eu só li "Garota Exemplar", e gostei muito! Ela escreve de um jeito menos previsível do que algumas histórias que vemos hoje em dia. Como você disse na resenha de "Lugares escuros", vários finais são plausíveis. Se ela mantém isso, com certeza vou gostar da leitura.

Beijos, Entre Aspas

Tony Lucas disse...

Oi, Alê! Tudo bem? Adorei a resenha e concordo bastante com tudo o que você citou nela! Ah, é tão bom encontrar alguém que também lê e curte o trabalho da Flynn... Realmente, ela sempre consegue dar um toque realístico e verossímil em suas tramas! Além disso, consegue criar personagens extremamente bem construídos. Nessa obra, que é uma das melhores (na minha opinião, claro), há um número muito grande de ótimos personagens. Mas destaco Libby e Ben, que foram os que mais me impressionaram. Ah, também me decepcionei por só ter acertado 50% da resolução do mistério! rsrs Gillian é muito danada, sempre consegue me enganar! haha Parabéns pela resenha! :)

Abraço

http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

Ycaro Brito disse...

Oi, Alê. Gillian Flynn está mesmo sendo uma das autoras de maior destaque na atualidade. Não li nada da mesma por enquanto, mas minha ansiedade é muito grande. Estou precisando entrar neste mundo de thriller psicológico, e Lugares Escuros me pareceu uma boa alternativa. Gostei bastante da história e dos personagens, principalmente quanto a culpa ou inocência de Ben. É uma pena que o decorrer da narrativa seja lento, mesmo assim não perdi minhas expectativas.
Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br

Silviane Casemiro disse...

Oi, Alê. A premissa desse livro é ótima e por ser a Gillian acho que é bom dar créditos para a obra. É uma pena que você desvendou o mistério, mesmo que parcialmente. A surpresa não foi tão grande e é um dos melhores elementos que ela insere em seus livros. Ainda não li este mas fiqei bastante curiosa.

Beijos
SIL ~ Estilhaçando Livros

Ariane Reis. disse...

Oie Alê =)

Nunca li nada da autora, um pouco por não ser um estilo que eu costume ler muito. Sempre leio resenhas bem positivas dos livros dela, mas ainda não me senti tentada a dar uma chance a autora.

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary

Alessandra Fernandes disse...

Oi Alê! Lugares Escuros eu conheci primeiro como filme e depois que fui saber da existência do livro, e devido a isso, ainda não o assistir para poder ler a obra. Ele parece intrigar bastante o leitor com suas cenas de mistério e suspense, mesmo que o final não tenha te agradado profundamente, mas acredito que irei me surpreender com esta estória. Adicionei em minha lista de leituras.
Bjs!

Maurilei Teodoro disse...

Lugares Escuros é mesmo muito bom. Mesmo o final possuindo muitas coincidências achei excelente. Tenho que ler Garota Exemplar que tanto falam bem.

bomlivro1811.blogspot.com.br

Gus disse...

Amo amo amo amo amo amo amo a Gillian Flynn! Ela é a minha autora favorita da vida!! Só não li esse dela, ainda, pq estava esperando a capa original para a coleção ficar uniforme, mas agora ela chegou, vou comprar ja!

www.cidadedosleitores.blogspot.com

Mandy disse...

Ooi, tudo bom??
Acredita que ainda não li nada da autora? Sou apaixonada nos filmes mas ainda não li Sétima Onda Literária

Carolina Garcia disse...

Oi, Alê!!

Estou muito curiosa por esse livro porque ouço ótimos comentários sobre ele, mesmo não sendo o mais elogiado da autora.

Um suspense bem escrito é sempre empolgante de se ler - mesmo quando adivinhamos um pedaço do final ou o final inteiro, na minha opinião pelo menos.

Mas nem procurei nada sobre o filme porque sempre gosto de ler primeiro antes de assistir, então verei depois que colocar minhas mãozinhas na obra! ;)

Bjs

livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

Sil disse...

Olá, Alê.
Eu não sou muito fã da autora. Eu até gostei bastante de Garota Exemplar, mas eu estava com as expectativas lá em cima quando fui ler e não achei aquilo tudo. Eu ganhei esse livro em uma promoção, com a capa do filme, que não gosto hehe, mas ainda não li o livro. Eu assisti o filme e gostei bastante. Só não gostei da protagonista e nem me passou pela ideia qual era o desfecho hehe. Mas ainda quero ler ele.

Blog Prefácio

Patrini Viero disse...

Esse é o livro que mais me desperta curiosidade da autora, da qual já ouvi muitas críticas positivas e extremamente empolgadas, como foi a tua resenha. É realmente impressionante a autora não precisar recorrer a artifícios forçosos para construir sua trama e o enredo me surpreendeu bastante também, apesar de alguns elementos já batidos para mim, que leio tantos livros do gênero. Eu gostei muito da capa, que segue a mesma linha das outras já lançadas pela editora com as histórias da autora, e estou bem curiosa com o longa, principalmente porque amo a atriz principal.

suzana cariri disse...

Oi!
Esse e um gênero que gosto muito mas ainda não li nada da Gillian Flynn, já ouvi falar muito dessa autora e sua escrita e lendo a resenha fiquei ainda mais curiosa, gostei muito de como ela desenvolveu o livro e espero não conseguir acerta o final !!

Samira Hammoud disse...

Eu nunca li nada da autora, até agora ainda não me interessou, não sei bem o motivo... Mas acho que se eu ler um livro vou acabar lendo todos porque só vejo comentários super positivos :3

Amanda Ferreira disse...

Nunca li nada de Gillian Flynn, mas gostaria muito, muito mesmo de ler Objetos Cortantes e Lugares Escuros. Minha irmã leu Garota Exemplar, mas quando ela disse que o livro que ela leu na versão e-book tinha mais de 500 páginas fiquei meio desanimada. Fiz download de Lugares Escuros mas quando fui ler estava em português de Portugual, e muitas palavras não davam para entender, fiquei super triste :(
Ambos os livros já estão como meta de leitura e são desejados por mim, preciso encontrar alguém que me presentei eles :)
Estou com o filme no computador mas, só queria assistir depois que lesse os livros, acho que não vou aguentar esperar.
Adoro livros que envolvem drama e suspense e a história me interessou bastante.

Postar um comentário

 

Além da Contracapa Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger